ARTIGOS


- O Lamento da Imperatriz: Um Filme de Pina Bausch
Solange Pimentel Caldeira


- Reflexões Sobre “A Pergunta do Morto” de João de Minas
Leandro Antonio de Almeida

-Os Embates Doutrinais de Bossuet a Respeito da Liberdade, Autoridade e Submissão
Maria Izabel B. Morais Oliveira

- Estados-Nacionais e Exércitos na Europa Moderna: Um Olhar Sobre o Caso Português
Francis Albert Cotta

- Uma Visão Integrada Sobre a Companhia das Vinhas do Alto Douro
Paulo Reis Mourão

- As Irmandades Religiosas em São Luís do Maranhão e Sua Missão Salvacionista Agostinho Júnior Holanda Coe

- O Tupi e o Sabiá: Gonçalves Dias e a Etnografia do IHGB em Brasil e Oceania
Kaori Kodama


Os Ecos Autoritários da Marselhesa: Guido Thomaz Marlière e a Colonização dos Sertões do Rio Doce (Minas Gerais)
José Otávio Aguiar



DOSSIÊ "HISTÓRIA DA CIÊNCIA "


- Apresentação do Dossiê “História da
Ciência”
Antonio Augusto Passos Videira



- Problemas de História da Ciência na Época Colonial: A Casa Grande de Gilberto Freyre
Carlos Ziller Camenietzki



- O Ethos Positivista e a Institucionalização da Ciência no Brasil no Início do Século XIX
Luiz Otávio Ferreira


- Sobre a Relação Entre Regimes Políticos e Desenvolvimento Científico: Apontamentos para um Estudo Sobre a História da C&T Durante o Regime Militar Brasileiro
Olival Freire Junior


- A Propósito dos Estudos Biográficos na História das Ciências e das Tecnologias
Silvia F. de M. Figueirôa


- História e Historiografia da Física no Brasil
Cássio Leite Vieira e Antonio Augusto Passos Videira


- Oceanos e Continentes em Debate
Maria Margaret Lopes e Irina Podgorny


- O Jardim Botânico de João Barbosa Rodrigues na Exposição Nacional de 1908
Alda Heizer



RESENHAS


- Brasil em Tempo de Cinema – Ensaio Sobre o Cinema Brasileiro de 1958 a 1966
Henrique José Vieira Neto


- Crítica à Burguesia Paulista em “Três Mulheres de Três PPPês” de Paulo Emílio Salles Gomes
Julierme Sebastião Morais Souza

-Dissecando o Fascismo
Fillipe Gomes de Souza Alves

- Prematuridade na Descoberta Científica: Análise do Conceito de Gunther Stent
Ana Teresa Contier



 
 


UMA VISÃO INTEGRADA SOBRE A COMPANHIA DAS
VINHAS DO ALTO DOURO

Paulo Reis Mourão

RESUMO: A Companhia Geral da Agricultura e dos Vinhos do Alto Douro, de inspiração pombalina, foi a instituição absolutista fisiocrata mais notável em Portugal no Século XVIII. Os seus antecedentes, a sua acção, as suas consequências e reminiscências são ainda controversos. Com o presente trabalho, vai-se discutir a Companhia Geral à luz das visões críticas de então e observá-las na investigação criada em redor. Conclui-se pela significância eminentemente política e centralista da instituição em detrimento do relevo das intenções fundadoras fisiocratas.

PALAVRAS-CHAVE: Absolutismo Português – Alto Douro – Companhias da Agricultura e do Vinho

ABSTRACT: The General Company of the Agriculture and Wines from the Alto Douro, inspired from the Pombal’s ministery, was the most notable Portuguese institution of the eighteenth century. Its antecedents/record, its action, its consequences and reminiscences are still controversial. With the present work, it will be discussed the General Company according to the contemporary critic visions and it will be observed through the generated discussion. It will be concluded that the General Company was mainly relevant in the political and centralist spheres and with less importance in the economic regional results.

KEYWORDS: Portuguese Absolutism – Alto Douro – Companies of the Agriculture and Wines