Fênix

 

MenuMaker
 

BRASIL: POPULAÇÃO REDUNDANTE E
CORONELISMO GOVERNAMENTAL

Iraci del Nero da Costa
Universidade de São Paulo – USP
idd@terra.com.br

RESUMO: Depois de explanar sobre o surgimento no Brasil da parcela populacional considerada pelo autor como redundante por não ser indispensável para o funcionamento das condições econômicas imperantes, é contemplado o processo que levou tal segmento social desvalido a adotar, postura política independente com respeito às camadas médias classicamente identificadas entre nós. Tal independentização foi calcada nas políticas assistencialistas implantadas no governo FHC e largamente intensificadas pelo seu sucessor que as transformou num verdadeiro clientelismo de novo tipo aqui apodado de Coronelismo Governamental.

PALAVRAS-CHAVE: População redundante – Autonomização política – Clientelismo.

ABSTRACT: After exposing as a redundant population parcel for being dispensable for the functioning of the reigning economic conditions appeared in Brazil, is considered the process that led to this social segment to adopt an independent political posture with respect to the middle classes. Such liberation was based on the welfarre policies implemented during the F. H. Cardoso administration and largely enhanced by his successor that transformed them in a true political patronage of new kind here identified like Governmental "Coronelismo".

KEYWORDS:
Redundant population – Political liberation – Political patronage.




abrir  download

Fênix - Revista de História e Estudos Culturais | ISSN: 1807-6971 | Todos os direitos reservados.