Fênix

 

MenuMaker
 

LEVANDO AO LONGE O CANTO DA PÁTRIA: GRAVAÇÕES EM DISCO
E DIFUSÕES NO RÁDIO DO HINO NACIONAL (1900-1945)

Rafael Rosa Hagemeyer
Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC
rafaelhage@yahoo.com.br

RESUMO: Nas primeiras décadas do século XX, as diferentes gravações em disco e difusões em rádio foram importantes meios de disseminação do canto do Hino Nacional. Representvam do ponto de vista simbólico o ideal de incorporar as massas a uma nova concepção de cidadania republicana. A adoção da versão cantada do Hino implicou não só em alterações na melodia original, mas também diminuição de seu andamento, além da introjeção dos versos criados por Duque Estrada e o caráter da participação coletiva nesse canto. Através de três registros gravados em 1917, 1929 e 1944, percebem-se os diferentes projetos de nação representados no canto do Hino Nacional.

PALAVRAS-CHAVE: Hino Nacional brasileiro – Esquizofonia – Imaginário republicano – Gravações em disco – Radiodifusão.

ABSTRACT: In the first decades of the 20th century, the different recording discs and broadcasts on radio were important means for the dissemination of the Brazilian national anthem singing form. From symbolic a point of view, they Represented the ideal of masses incorporation to a new conception of republican citizenship. The adoption of the singing version of the anthem entailed not only changes in original melody, but also decrease in its tempo, and also the internalization of the verses created by Duque Estrada and what character the collective participation should have in this chant. Through three records made in 1917 and 1944, 1929, it is possible to recognize different projects of nation represented in the way of singing the national anthem.

KEYWORDS:
Brazilian National Anthem – Esquizophonia – Republican imaginary – Disc records – Radiobroadcast.

 

abrir  download

Fênix - Revista de História e Estudos Culturais | ISSN: 1807-6971 | Todos os direitos reservados.