GETÚLIO VARGAS E A MODERNIZAÇÃO DAS POLÍTICAS DE EMPRÉSTIMOS

  • Rodrigo Oliveira de Lima
  • Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUCSP
  • rodrigohist@hotmail.com

RESUMO: Durante os primeiros anos da década de 1930, Getúlio Vargas se dedicou a regulação das soluções creditícias do formato funding loan, em um sistema administrativo, com vistas a sua equalização nas relações internacionais financeiras, com controle dos nichos de investimentos capitais, e de envios de investimentos financeiros para fora do Brasil, em uma série de Leis e Decretos. Nesta análise, serão resgatadas tais políticas para a regularização de empréstimos para o país.

PALAVRAS-CHAVE: Getúlio Vargas – Relações Exteriores – Acordos

BORGES, Vavy Pacheco. Getúlio Vargas e a Oligarquia Paulista. São Paulo: Brasiliense, 1979.

CARONE, Edgar. A Terceira República: 1937-1945. Rio de Janeiro: Difel, 1976.

CARDOSO, Fernando Henrique. Amazônia: expansão do capitalismo. São Paulo: Brasiliense, 1978.

CARRAZONI, André. Getúlio Vargas. Rio de Janeiro: José Olympio, 1939.

FONSECA, Pedro Cezar D. Vargas: o capitalismo em construção (1906 – 1954). São Paulo: Brasiliense, 1989.

DOWBOR, Ladislau; RESENDE, Paulo-Edgar A. Desafios da Globalização. 5.o. Ed, Petrópolis, Vozes, 2003.

FRIEDMAN, Milton; SCHWARTZ, Anna Jacobson. A monetary history of the United States: 1867-1960 .New Jersey: National Bureau of Economics Research, 1963, p. 299-422. Disponível em: http://books.google.com.br/books?id=Q7J_EUM3RfoC&printsec=frontcover&dq=A+monetary+history+of+the+United+States+:+1867-1960&hl=pt-BR&ei=-8vHTbOPFYrn0QGduOGYCA&sa=X&oi=book_result&ct=result&resnum=1&ved=0CCoQ6AEwAA#v=onepage&q&f=false

FURTADO, Celso. Formação Econômica do Brasil. Rio de Janeiro: Fundo de Cultura, 1959.

GAMBINI, Roberto. O Duplo Jogo de Getúlio Vargas: influência Americana e Alemã no Estado Novo. São Paulo: Edições Símbolo, 1977.

IANNI, Octávio; RESENDE, Paulo-Edgar A. Desafios da Globalização. 5ª Ed. Petrópolis: Vozes, 2003.

JENKINS, Roy. Roosevelt. São Paulo: Nova Fronteira, 2005.

KALECKI, Michal. Teoria de la dinâmica econômica: ensayo sobre los movimientos cíclicos y a largo plazo de la economia capitalista. México: Fondo de Cultura Económica, 1995.

LEVINE, Robert. M. Pai dos Pobres? O Brasil e a era Vargas. São Paulo: Cia das Letras, 1998.

MARTINS, Luciano. A condição de “país emergente” no contexto das transformações globais. In: Revista Política Externa. São Paulo: Paz e Terra, 1998.

MERLE, Marcel. Sociologia das relações internacionais. Brasília: Universidade de Brasília, 1981.

ROSE, R. S. Uma das coisas esquecidas: Getúlio Vargas e controle social no Brasil/1930-1954. São Paulo: Cia das Letras, 2000.

MORGENTHAU, Hans Joachim. A politica entre as naçoes: a luta pelo poder e pela paz. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de Sao Paulo, Brasilia: Universidade de Brasilia: Instituto de Pesquisa de Relações Internacionais, 2003.

POPPER, Karl Kaymund. O racionalismo crítico na politica: coleção de ensaios. Brasília: UnB, 1994.

RIBEIRO, Darcy. As Américas e a civilização: formação histórica e causas do desenvolvimento desigual dos povos americanos. Petrópolis: Vozes, 1983.

SZMRECSÁNYI, Tamás; GRANZIERA, Rui G. Getúlio Vargas e a economia contemporânea. São Paulo: Hucitec, 2004.

TOTA, Antonio Pedro. O Imperialismo Sedutor. São Paulo: Cia das Letras, 2000.

VARGAS, Getúlio. Diário. Apresentação de Celina Vargas do Amaral Peixoto. Rio de Janeiro: Siciliano,1995.

VIZENTINI, Paulo Fagundes. Relações Internacionais do Brasil: De Vargas e Lula. São Paulo: Perseu Abramo, 2008.