LEITURAS ICONOGRÁFICAS E ICONOLÓGICAS: OS CRISTOS DO CARMO DE OURO PRETO

  • Lia Sipaúba Proença Brusadin
  • Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG
  • liaunesp@hotmail.com
  • Maria Regina Emery Quites
  • Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG
  • mariareginaemery@yahoo.com.br

RESUMO: No século XVIII, no Brasil colônia, as igrejas das Ordens Terceiras seguiam um programa iconográfico estabelecido pelas Ordens Primeiras no Reino. Essa arte barroca no interior dos templos era pedagógica e devocional. O presente estudo tem como objetivo analisar a iconografia e os elementos iconológicos das esculturas da Paixão de Cristo dos retábulos da Igreja da Ordem Terceira de Nossa Senhora do Carmo de Ouro Preto (MG). Empregou-se o método iconográfico-iconológico a partir da leitura da interface entre retábulo e imagem de devoção. Portanto, por meio da interpretação da mensagem iconográfica foi possível compreender o imaginário do homem religioso daquele período.

PALAVRAS-CHAVE: Iconografia – Iconologia – Escultura – Ordem Terceira do Carmo de Ouro Preto

BAZIN, Germain. O Barroco – Um Estado de Consciência. In: ÁVILA, Affonso. Barroco: teoria e análise. São Paulo: Perspectiva; Belo Horizonte Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração, 1997.

BAZIN, Germain. O Aleijadinho e a escultura barroca no Brasil. Rio de Janeiro: Editora Record, 1963.

BRUSADIN, Lia Sipaúba Proença. Os Cristos da Paixão da Ordem Terceira do Carmo de Ouro Preto (MG). 260 f. Dissertação (Mestrado em Artes) – Escola de Belas Artes, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2014.

CAMPOS, Adalgisa Arantes. Introdução: Artes, Religiosidade, Iconografia. In: RESENDE, Maria Efigênia Lage de; VILLALTA, Luiz Carlos. História das Minas Gerais – As Minas Setecentistas. Belo Horizonte: Autêntica; Companhia do Tempo, 2007 (Vol. 2).

CAMPOS, Adalgisa Arantes. Escatologia, iconografia e práticas funerárias no barroco da Gerais. In: RESENDE, Maria Efigênia Lage de; VILLALTA, Luiz Carlos. História das Minas Gerais – As Minas Setecentistas. Belo Horizonte: Autêntica; Companhia do Tempo, 2007 (Vol. 2).

CAMPOS, Adalgisa Arantes. Introdução ao Barroco Mineiro: cultura barroca e manifestações de rococó em Minas Gerais. Belo Horizonte: Crisálida, 2006.

CAMPOS, Adalgisa Arantes. Quaresma e Tríduo Sacro nas Minas Setecentistas: Cultura Material e Liturgia. In: Revista Barroco, Belo Horizonte, 1993/6 (N. 17).  

CAMPOS, Adalgisa Arantes. A Ordem Carmelita. Per Musi, Belo Horizonte, n. 24, 2011.

CHARTIER, Roger. A história cultural entre práticas e representações. Lisboa / Rio de Janeiro: Difel / Bertrand, 1990.

CHEVALIER, Jean; GHEERBRANT, Alain. Dicionário de Símbolos. Rio de Janeiro: José Olympio, 2009.

FRANCASTEL, Pierre. A Realidade Figurativa: elementos estruturais de sociologia da arte. Tradução de Mary Amazonas Leite de Barros. São Paulo: Perspectiva, 1973.

GINZBURG, Carlo. Mitos, Emblemas e Sinais: Morfologia e História. São Paulo: Companhia das Letras, 1989.

GOMBRICH, Ernst Hans.  Imágenes simbólicas. Madrid: Alianza Forma, 1983.

GONZÁLEZ, Juan José Martín. Escultura Barroca Castellana. Madrid: Artes Gráficas Reyes, 1959.

HUIZINGA, H. O Declínio da Idade Média. Rio de Janeiro: Editora Ulissea, s/d.

LOPES, Francisco. A História da Construção da Igreja do Carmo de Ouro Preto. Rio de Janeiro: Publicação do SPHAN, 1942.

MÂLE, Émile. El Arte Religioso de la Contrarreforma: estudio sobre la iconografia del final del siglo XCVI y de los siglos XVII y XVIII. Madrid: Ed. Encuentro, 2001.

MÂLE, Émile. El arte religioso del siglo XII al siglo XVIII. Fundo de Cultura Econômica: México – Buenos Aires, 1952.

MARTINS, William de Souza. Membros do Corpo Místico: Ordens Terceiras no Rio de Janeiro (C. 1700 – 1822). São Paulo: Edusp, 2009.

NEVES, Maria Agripina; COTTA, Augusta de Castro. Do Monte Carmelo a Vila Rica: aspectos históricos da Ordem Terceira e da Igreja do Carmo de Ouro Preto. Ouro Preto: Edição da autora, 2011.

OLIVEIRA, Myriam Andrade Ribeiro de; CAMPOS, Adalgisa Arantes. Barroco e Rococó nas Igrejas de Ouro Preto e Mariana. Brasília, DF: Iphan/Programa Monumenta (Roteiros do Patrimônio; 10), 2010.

OLIVEIRA, Myriam Andrade Ribeiro de. O Rococó Religioso no Brasil e seus antecedentes europeus. São Paulo: Cosac & Naify, 2003.

PANOFSKY, Erwin. Significado nas Artes Visuais. São Paulo: Perspectiva, 1979.

RÉAU, Louis. Iconografia da Arte Cristã. In: LICHTENSTEIN, Jacqueline. A pintura: textos essenciais. Editora 34, São Paulo, 2005 (Vol. 8: Descrição e interpretação).

RÉAU, Louis; COHEN, Gustave. El arte de la edad media: artes plásticas, arte literário y la civilización Francesa. México, 1956 (Tomo LX; La evolucion de la humanidad. Sintesis colectiva).

SEBASTIÁN, Santiago. Contrarreforma y barroco: lecturas iconográficas e iconológicas. Madrid: Alianza Editorial, 1989.

SEBASTIÁN, Santiago. El Barroco Iberoamericano: mensaje iconográfico. Madrid: Ediciones Encuentro, 1990.

VAUCHEZ, André. A Espiritualidade na Idade Média Ocidental. Lisboa: Editorial Estampa, 1995.