MECANISMOS DE BUSCA EM HEMEROTECAS DIGITAIS NACIONAIS: POSSIBILIDADES
E DESAFIOS PARA A PESQUISA HISTÓRICA

  • Leandro Antonio de Almeida
  • Universidade Federal do Recôncavo da Bahia – UFRB
  • leandroaalmeida@hotmail.com

RESUMO: O objetivo deste artigo é refletir sobre as possibilidades abertas para a pesquisa histórica pelos mecanismos de busca nas hemerotecas digitais brasileiras, avaliando um processo em curso do ponto de vista de um historiador e usuário dessas hemerotecas. Após tratar da relação entre informática e história desde os anos 1960, vamos analisar os mecanismos de busca da Hemeroteca Digital Nacional, Acervo Folha, Acervo Estadão, Acervo Veja e Diários Oficiais. A metodologia de análise parte da busca, nestas hemerotecas digitais, por palavras referentes a uma pesquisa de doutorado em curso sobre um desconhecido escritor brasileiro de pseudônimo João de Minas. Os mecanismos de busca acrescentaram relevantes informações à pesquisa, mas cuidados precisam ser tomados quanto à imprecisão dos resultados em função dos próprios mecanismos e da ortografia antiga.

PALAVRAS-CHAVE: Hemerotecas Digitais – Pesquisa Histórica – Mecanismos de busca – Jornais

AGOSTINHO, (Santo), Bispo de Hipona. Cidade de Deus: Contra os Pagãos. Petrópolis: Vozes; São Paulo:Federação Agostiniana Brasileira, 1990.

ALBUQUERQUE JR, Durval Muniz. Nordestino: uma invenção do falo. Uma história do gênero masculino (Nordeste – 190/1940). Maceió: Catavento, 2003.

ARENDT, Hannah. A Condição Humana. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2000.

BANDEIRA, Andréa. As Beatas de Ibiapina: do mito à narrativa histórica (1860-1883). Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal do Pernambuco, Recife, 2003.

BANDEIRA, Andréa. “O Sagrado”. In: Gênero & História. Cadernos de História. Ano 1. N 1. Recife: Universitária UFPE, 2002.

BENJAMIM, Walter. Obras Escolhidas: Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. São Paulo: Brasiliense, 1994.

CANO. Gabriela. Amélio Robles, Andar de Soldado Velho: fotografia e masculinidade na Revolução Mexicana. Cadernos Pagu, Campinas, número 22, p. 115-150, 2004.

FOUCAULT, Michel. Microfísica do Poder. Rio de Janeiro: Graal, 1979.

KALIMEROS. A Mulher: na psicanálise e na arte. Rio de Janeiro: Conta Capa, 1995.           

HALBWACHS, Maurice. A Memoria Coletiva. São Paulo: Centauro, 2006.

HARVEY, David. Condição Pós-Moderna: uma pesquisa sobre as origens da mudança cultural. São Paulo: Loyola, 1992.

HELLER, Agnes e FEHÉR, F., A Condição Política Pós-moderna. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2002.

Jornal O Dia, Rio de Janeiro, 2 de Abril de 1964.
Disponível em: http://blogdabrhistoria.blog.uol.com.br/

Jornal O Globo, Rio de janeiro, 02 de abril de 1964.
Disponível em: http://acertodecontas.blog.br/politica/editorial-do-jornal-o-globo-de-2-de-abril-de-1964-celebrando-o-golpe-militar/

LÉVI-STRAUSS, Claude. As Estruturas Elementares do Parentesco. Petrópolis: Vozes, 2008.

LISSOVSKY, Maurício. A Máquina de Esperar: origem e estética da fotografia moderna. Rio de Janeiro: Mauad X, 2008.

LÖWY, Michael. A teoria do desenvolvimento desigual e combinado. Actuel Marx, número. 18, p. 73-80, 1995.
Disponível em: http://npdr.files.wordpress.com/2007/10/lowy-michael.pdf

MARX, Karl. Manuscritos Econômico-filosóficos. Lisboa: Edições 70, 1989; MARX, Karl. A Ideologia Alemã. São Paulo: Boitempo, 2007.

NOVAK, George. La Ley del Desarrollo Desigual e Combinado. Buenos Aires: Pluma, 1977.

PACHECO, Eliezer. A Formação da Esquerda no Brasil. Ijuí: Unijuí, 2008.

PERROT, Michelle. Mulheres Públicas. São Paulo: UNESP, 1998.

REIS, José Carlos. Escola dos Annales. São Paulo: Paz e Terra, 2000.

RIDENTI, Marcelo. Cultura e Política: os anos 1960-1970 e sua herança. In: FERREIRA. Jorge; DELGADO, Lucília de Almeida Neves (orgs). O Brasil Republicano: o tempo da ditadura, regime militar e movimentos sociais em fins do século XX. Rio de Janeiro: Civ. Brasileira, 2003.

RUBIN, Gaule. O Tráfico de Mulheres: notas sobre a “economia política” do sexo. Recife: SOS Corpo, 1993.

SCOTT, Joan. Gênero: uma categoria útil para análise histórica. Recife: SOS Corpo, 1991.