MEMORIAL DOS AUSENTES: A SUBVERSÃO DA HISTÓRIA EM MEMORIAL DO CONVENTO, DE JOSÉ SARAMAGO

  • Paulo Ricardo Kralik Angelini
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUCRS
  • paulokralik@gmail.com

RESUMO: Sabe-se que José Saramago sempre manteve com a História uma relação de tensão, de constante questionamento. O autor buscava corrigir a História, e preencher os espaços vazios existentes no discurso oficial com a voz dos oprimidos, silenciada por séculos de exploração. Este artigo pretende apontar a forma como a História pretensamente oficial, em especial o historiador João Ameal, tratou a construção do Convento de Mafra e a atuação do rei D. João V e, por outro lado, o olhar crítico de José Saramago na reelaboração deste mesmo momento histórico em Memorial do Convento. Para o debate teórico, pretende-se reunir autores como Stephen Bann, Paul Ricoeur, Roland Barthes, Paul Veyne, José Carlos Barreiro, Hilario Franco Júnior, entre outros.

PALAVRAS-CHAVE: Literatura e História – Literatura Portuguesa – D. João V – Convento de Mafra

AMEAL, João. História de Portugal. 7ª ed. Porto: Livraria Tavares Martins, 1974.

BANN, Stephen. A Invenção da História: Ensaios sobre a representação do passado. São Paulo: Editora da Universidade Estadual Paulista, 1994.

BARREIRO, José Carlos. O mal-estar da história: Crise e pensamento na historiografia moderna. In: SILVA, Zélia (org), Cultura Histórica em Debate. São Paulo: Editora da Universidade Estadual Paulista, 1995.

BARTHES, Roland. O discurso da História. In: O Rumor da Língua. São Paulo: Editora Brasiliense, 1988.

BENJAMIN, Walter. Sobre o conceito de História. In: Magia e Técnica, Arte e Política. São Paulo: Editora Brasiliense, 1985.

DUARTE, Lélia; MALARD, Letícia; MIRANDA, Wander. José Saramago, tecedor da História. In: Centro de Estudos Portugueses. Boletim Ano IX/X. V. 12, jul. de 86 – Dez. de 88.

FRANCO JÚNIOR, Hilário. História, Literatura e Imaginário: Um jogo especular. O exemplo medieval da Cocanha. In: IANNONE, Carlos; ZAMBONI, Márcia; JUNQUEIRA, Renata (Orgs.) Sobre as Naus da Iniciação. São Paulo: Fundação Editora da UNESP, 1998.

PERES, Damião; RIBEIRO, Ângelo. História de Portugal – Edição Monumental. Porto: Portucalense Editora, 1958.

PERRONE-MOYSÉS, Leila. Formas e usos da negação na ficção histórica de José Saramago. In: CARVALHAL, Tania e TUTIKIAN, Jane (org.). Literatura e História – Três Vozes de Expressão Portuguesa. Porto Alegre: Editora da Universidade/UFRGS, 1999.

PESSANHA, José Américo Motta, O Sono e a Vigília. In: NEVES, Adauto (Org), Tempo e História. 2ª ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1996.

REIS, Carlos. Romance e História depois da Revolução: José Saramago e a ficção portuguesa. In: Literaturas de Língua Portuguesa e a renovação do discurso literário. Anais do XIV Encontro de Professores Universitários Brasileiros de Literatura Portuguesa. Porto Alegre: EdiPUCRS, 1994.

RICOEUR, Paul. Tempo e Narrativa. Campinas, Editora Papirus, 1997.

SELISTRE, Maria Tereza. A jangada de pedra: a desestabilização da história e da ficção. In: Literaturas de Língua Portuguesa e a Renovação do Discurso Literário. Anais do XIV Encontro de Professores Universitários Brasileiros de Literatura Portuguesa. Porto Alegre: EdiPUCRS, 1994

SARAIVA, António José. História da Literatura Portuguesa, 8ª ed, Lisboa: Publicações Europa-América, 1965.

SARAMAGO, José. História do Cerco de Lisboa. 8ªed. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.

SARAMAGO, José, Memorial do Convento, 25ª ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2000.

SARAMAGO, José. O diálogo com a História. In: REIS, Carlos. O conhecimento da literatura. Coimbra: Editora Almedina, 1995.

SCHIAVINATTO, Iara Lis. Falar de um incômodo não é falar mal. In: SILVA, Zélia (org), Cultura Histórica em Debate. São Paulo: Editora da Universidade Estadual Paulista, 1995

SILVA, Teresa Cristina Cerdeira da. José Saramago, entre a história e a ficção: uma saga de portugueses. Lisboa: Editora Dom Quixote, 1989

SILVA, Teresa Cristina Cerdeira. Na crise do histórico, a aura da história. In: CARVALHAL, Tania; TUTIKIAN, Jane (org.). Literatura e História – Três Vozes de Expressão Portuguesa. Porto Alegre: Editora da Universidade/UFRGS, 1999.

VEYNE, Paul. Como se escreve a história. Lisboa: Edições 70, 2008.

Palácio Nacional de Mafra, site oficial.
Disponível em http://www.palaciomafra.pt/pt-PT/Default.aspx