PROTAGONISTAS NEGROS DO SAMBA DE SÃO PAULO: VIDA COMUNITÁRIA, ARTE E RACISMO

  • Amailton Magno Azevedo
  • Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC/SP
  • amailtonazevedo@gmail.com

RESUMO: Este artigo pretendeu rastrear histórias de sambistas negros que protagonizaram a consolidação do samba na cidade São Paulo. As histórias dos sambistas negros instituíram uma narrativa histórica multicêntrica, que se difundiu em vários espaços geográficos – do centro à margem, de norte a sul, de oeste a leste da cidade. Histórias moduladas pelo sentimento de comunidade carnavalesca, pela música, saberes orais-acústicos, relações familiares e de amizade. Por toda São Paulo há rastros dessa memória, apesar da tragédia urbana brasileira no século XX que promoveu segregações sócio espacial do negro e do pobre empurrando-os para os morros, periferias e franjas da cidade.

PALAVRAS-CHAVE: Vida comunitária – Cultura negra – Artes

BASTIDE, Roger. Brasil: Terra de Contrastes, Trad. Maria Isaura Pereira Queiroz, coleção Corpo e Alma do Brasil, 3 ed, São Paulo: Difusão Européia do Livro, 1969.

BRITO, Iêda Marques. Samba na cidade de São Paulo (1900-1930): um exercício de resistência cultural, São Paulo: FFLCH/USP, 1986.

Geraldo Filme. A Música Brasileira deste Século por seus Autores e Intérpretes, SESC – SP, 2000.

Geraldo Filme: Criolo Cantando Samba Era Coisa Feia, Direção de Carlos Cortez, 52 min, son. color., 35 mm,  São Paulo, 1992.

JOAQUIM. Maria Salete. O Papel da Liderança Religiosa Feminina na Construção da Identidade Negra. São Paulo: Palas Editora, 2001

MORAES, José Geraldo Vinci. Metrópole em Sinfonia: história, cultura e música popular na São Paulo dos anos 30, São Paulo: Estação Liberdade, 2000.

MORAES, Wilson Rodrigues de. Escolas de Samba de São Paulo, Capital, São Paulo: Conselho Estadual de Artes e Ciências Humanas, 1978.

MUNANGA, kabengele. Negritude: Usos e Sentidos, São Paulo: Ática, 1986.

ORTEGA, Francisco. Genealogia da Amizade, São Paulo: Iluminuras Ltda, 2002.

SILVA, Eloiza Maria Neves. Histórias de vidas de mulheres negras: estudo elaborado a partir das escolas de samba paulistanas, Dissertação (Mestrado em História) –  Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, 2002.

SILVA, José Carlos Gomes. Negros em São Paulo: espaço público, imagem e cidadania, in: Além dos territórios: para uma etnologia indígena, os estudos rurais e os estudos urbanos/ Ana Maria de Niemeyer, Emília Pietrafesa de Godoi (orgs)- Campinas, SP: Mercado das Letras, 1998

THOMPSON, E.P. A miséria da Teoria ou um Planetário de erros (uma crítica ao pensamento de Althusser), Rio de Janeiro: Zahar Editores,1981.

URBANO, Maria Aparecida. Sampa, samba, sambista- Oswaldinho da Cuíca, São Paulo: Edição do autor, 2004

WISSENBACH, Maria Cristina.  Da escravidão à liberdade: dimensões de uma privacidade possível. In: História da Vida Privada no Brasil (3). (Coord) Fernando A. Novais; (org) Nicolau Sevcenko, São Paulo; Companhia das Letras, 1998.