VIOLETA PARRA E A CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE LATINOAMERICANA

  • Gladir da Silva Cabral
  • Universidade do Extremo Sul Catarinense (UNESC)
  • gla@unesc.net
  • Maria de Lourdes Souza Farias
  • Universidade do Extremo Sul Catarinense (UNESC)

RESUMO: O presente trabalho tem como objetivo discutir como as canções de Violeta Parra ajudam a construir uma representação rica e complexa da identidade cultural latinoamericana. A fundamentação teórica desta investigação consiste nas contribuições dos pensadores dos estudos culturais, principalmente no que diz respeito aos movimentos da construção da identidade na modernidade. Entre os autores citados estão Stuart Hall, Néstor García Canclini e Anthony Giddens, que auxiliam no entendimento e na análise das canções de Violeta Parra. Como resultado, pode-se observar o caráter híbrido da obra de Violeta, sua força afirmativa e de resistência cultural, a denúncia da desigualdade das relações de poder estabelecida na sociedade. Além disso, as canções de Violeta Parra trazem em si mesmas um caráter educativo muito forte, enquanto propõem uma leitura crítica da história e da vida social de seu país.

PALAVRAS-CHAVE: Cultura – Identidade – Educação – Modernidade

FOUCAULT, Michel. Microfísica do poder. 8. ed. Trad. Roberto Machado. Rio de Janeiro: Graal, 1989.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 43. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2006.

FREIRE, Paulo. Educação como prática da liberdade. 28. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2005.

GARCÍA CANCLINI, Néstor. Culturas Híbridas. Trad. Ana Regina Lessa e Heloísa P. Cintrão. São Paulo: Editora EDUSP, 2006.

GIDDENS, Anthony. As conseqüências da modernidade. Trad. Raul Fiker. São Paulo: Editora UNESP, 1991.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. Trad. Tomaz Tadeu da Silva e Guacira Lopes Louro. 9. ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2004.

LARAIA, Roque de Barros. Cultura: um conceito antropológico. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2001.

MORALES, T. Leônidas. Violeta Parra: la última canción. Santiago: Editorial Cuarto Própio, 2003.

NAVARRETE, Ernesto Parra. Cancionero Violeta Parra: virtud de los elementos. Santiago: Fundación Violeta Parra, 2003.

NAVARRETE. Cancionero: virtud de los elementos. Santiago de Chile: Fundación Violeta Parra, Impresos Sócias, 2005.

SÁEZ, Fernando. La vida intranquila: Violeta Parra – biografia esencial. Santiago de Chile: Editoral Sudamericana, 1999.

SILVA, Tomaz Tadeu da. Teoria cultural e educação: um vocabulário crítico. Belo Horizonte: Autêntica, 2000.

SILVA, Tomaz Tadeu da. Alienígenas na sala de aula: uma introdução aos estudos culturais em educação. 5. ed. Petrópolis: Vozes, 2003.

VORRABER COSTA, Marisa. Sujeitos e subjetividades nas tramas da linguagem e da cultura. In: CANDAU, Vera Maria (org.). Cultura, linguagem e subjetividade no ensinar e aprender. São Paulo: DP&A Editora, 2000.

WOODWARD, Kathryn. Identidade e diferença: uma introdução teórica e conceitual. In: SILVA, Tomaz Tadeu da; HALL, Stuart; WOODWARD, Kathryn (org.). Identidade e diferença: a perspectiva dos estudos culturais. Petrópolis: Vozes: 2005.