PERSPECTIVAS DOS FILMES DE RECONSTITUIÇÃO HISTÓRICA NO CINEMA BRASILEIRO DOS ANOS 70 ​

  • Miriam de Souza Rossini
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS
  • Miriam29@terra.com.br

RESUMO: Este texto pretende discutir alguns aspectos teóricos relacionados à problemática do cinema-história, tendo como objeto específico de estudo as tendências dos filmes de reconstituição histórica feitos no Brasil a partir dos anos 70. Esse gênero de filme será abordado enquanto espaço de representação de memória e de identidade cultural de uma nação, e enquanto representante das diferentes tendências historiográficas sobre os assuntos retratados. Daí os constantes conflitos a que está sujeito e as diferentes interpretações que suscita. Essa discussão é tributária da minha pesquisa de doutorado, realizada junto ao Programa de Pós-Graduação em História da UFRGS, sob orientação da Professora Doutora Sandra Jatahy Pesavento, no âmbito da História Cultural.

PALAVRAS-CHAVE: História Cultural – Cinema – História – Cinema brasileiro dos anos 70.

AUMONT, Jacques; MARIE, Michel. Dicionário teórico e crítico de cinema. Campinas: Papirus, 2003.

BERNARDET, Jean-Claude et al. Anos 70. Cinema. Rio de Janeiro: Edição Europa, 1980.

BERNARDET, Jean-Claude. Cinema brasileiro: propostas para uma história. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1979.

BERSTEIN, Serge. Points de vue sur les rapports de l’histoire et du cinema. Cahiers de la Cinémathèque, Perpignan, n. 35-36, p.11-13, automne, 1982.

CARNES, Mark C. (Org.). Passado imperfeito: a história no cinema. Rio de Janeiro: Record, 1997.

D´ARAÚJO, Maria Celina; SARES, Gláucio Ary; CASTRO, Celso. (Orgs.). Os anos de chumbo: a memória militar sobre a repressão. Rio de Janeiro : Relume-Dumará, 1994.

DUBY, Georges. L’historien devant le cinéma. Le Débat, Paris, n. 30, p. 81-85, maio de 1984.

FERRO, Marc. O filme: uma contra-análise da sociedade? In: FERRO, Marc . Cinema e história. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1992. p. 79-115.

MANDROU, Robert. Histoire et cinéma. Annales E.S.C., Paris, n. 1, p. 140-149, janvier/mars, 1958.

MELO, Ciro Bandeira de. A Inconfidência Mineira nos livros de 1º Grau. História para milhões. Análise e Conjuntura, Belo Horizonte, Fundação João Pinheiro, v. 4, n. 2-3, p. 95-105, maio/dezembro, 1989.

PESAVENTO, Sandra Jatahy. História & História Cultural. Belo Horizonte: Autêntica, 2003.

REIS FILHO, Daniel Aarão et al. Versões e ficções: o seqüestro da história. 2 ed. Ampliada. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 1997.

ROSSINI, Miriam de Souza. As marcas do passado. O filme histórico como efeito de real. 1999. Tese. (Doutorado em História) – Instituto de Filosofia e Ciências Humanas – IFCH. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 1999.

ROSSINI, Miriam de Souza. Rebeldes nas telas: um olhar sobre filmes de reconstituição histórica dos anos 90. Fênix – Revista de História e Estudos Culturais, Uberlândia, v. 3, n. III, p. 1-16, jan./fev./marco de 2006. Disponível em: <http://www.revistafenix.pro.br/PDF6/14%20-%20DOSSIE%20-%20ARTIGO%20-%20MROSSINI.pdf.>

ROSSINI, Miriam de Souza. Os usos imagéticos da Inconfidência Mineira no Brasil dos anos 70. Revista da SBPH, Curitiba, v. 18, n. 18, p. 141-147, 2000.

ROSSINI, Miriam de Souza. O cinema e a história. Ênfases e linguagens. In: PESAVENTO, Sandra Jatahy; SANTOS, Nádia Maria Weber; ROSSINI, Miriam Souza. Narrativas, imagens e práticas sociais. Percursos em história cultural. Porto Alegre: Zouk, 2008.

SALÉM, Helena. Filme fica em débito com a verdade histórica. In: REIS FILHO, Daniel Aarão et al. Versões e ficções: o seqüestro da história. 2 ed. Ampliada. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 1997.

SIMONARD, Pedro. A geração do cinema novo. Para uma antropologia do cinema. Rio de Janeiro: Mauad X, 2006.

SORLIN, Pierre. Cines europeos, sociedades europeas – 1939-1990. Barcelona: Paidós, 1996.