[1]
N. LERMEN, “Oyèrónke´ Oyěwùmí e a construção do gênero na iorubalândia”, FENIX, vol. 19, nº 1, p. 662- 667, jun. 2022.