[1]
V. MELO e V. ALMEIDA, “Muito além da medalha: Guilherme Paraense – entre o urbano e o suburbano”, FENIX, vol. 19, nº 1, p. 330 - 352, maio 2022.