HISTÓRIA E IMPRENSA: PERSPECTIVAS METODOLÓGICAS E UM ESTUDO DE CASO DA COLUNA “PIMENTA VERDE
E VINAGRE” PRESENTE NO PERIÓDICO INTEGRALISTA “FLAMMA VERDE” (FLORIANÓPOLIS, 1936-1938)

  • Gustavo Tiengo Pontes
  • Universidade Federal de Santa Catarina -UFSC
  • gustavotpontes@gmail.com

RESUMO: O objetivo deste texto é realizar um debate metodológico sobre o uso da Imprensa como documento de pesquisa com base em diferentes estudos que problematizaram fontes dessa natureza. O conjunto desses trabalhos permitem evidenciar uma série de problematizações comuns que auxiliam a estudar esse tipo de documento, desde a análise de aspectos gráficos dos impressos bem como a investigação dos responsáveis por sua elaboração. Nesse sentido, exercita-se as contribuições metodológicas com base em um estudo de caso da coluna “Pimenta Verde e Vinagre”, publicada no periódico integralista “Flamma Verde”, editado na cidade de Florianópolis de 1936-1938. Tal coluna pretendia passar em revista publicações de periódicos da época e tecer críticas com base em comentários humorísticos.

PALAVRAS-CHAVE: Imprensa – Metodologia – Ação Integralista Brasileira – Flamma Verde

BORUDIEU, Pierre. Sobre a televisão. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1997.

BOURDIEU, Pierre. O campo científico. In. ORTIZ, Renato. (org). Pierre Bourdieu: sociologia. São Paulo: Ática 1983.

BOURDIEU, Pierre. Método científico e hierarquia social dos objetos. In NOGUEIRA, Maria Alice; CATANI, Afrânio (orgs.). Pierre Bourdieu: escritos de educação. 14. Ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2013.

BOURDIEU, Pierre. A economia das trocas simbólicas. 6 ed. São Paulo: Perspectiva, 2007. 

CAMPOS, Daniela Queiroz. As Garotas do Alceu: A coluna de pin-ups da revista O Cruzeiro. In: LEMOS, Clarice Caldini; PIAZZA, Maria de Fátima Fontes. Cultura Impressa: das páginas dos periódicos à circulação da arte gráfica. Curitiba: Editora Prismas, 2017.

CAPELATO, Maria Helena Rolim. A imprensa na história do Brasil. São Paulo: Contexto/EDUSP, 1994.

CAVALARI, Rosa Maria Feiteiro. Integralismo: ideologia e organização de um partido de massa no Brasil (1932-1937). Bauru, SP: EDUSC, 1999.

CHALHOUB, Sidney. Apresentação. In. CHALHOUB, Sidney. (orgs.). História em cousas miúdas: capítulos de história social da crônica no Brasil. Campinas, SP: Editora da Unicamp, 2005.

FALCÃO, Luiz Felipe. Entre o ontem e o amanhã: diferença cultural, tensões sociais e separatismo em Santa Catarina no século XX. Itajaí: Editora da UNIVALLI, 2000.

HALUCH, Aline. A Maçã: o design gráfico, as mudanças de comportamento e a representação feminina no início do século XX. Rio de Janeiro: Ed. Senac Rio de Janeiro, 2016.

LEMOS, Clarice Caldini. O intercâmbio cultural luso-brasileiro através das revistas America Brasileira, Lusitania e Nação Portuguesa (1921-1927). 2017. (Tese de Doutorado em História). Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis.

LUCA, Tânia Regina de. História dos nos e por meio dos periódicos. In. PINSKY, Carla Bassanezi. Fontes Históricas. 2 ed. São Paulo: Contexto, 2010.

MARQUES, Ivan. Modernismo em Revista. Estética e Ideologia nos periódicos dos anos 1920. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2013.

MICELI, Sérgio. Sonhos da periferia: Inteligência argentina e mecenato privado. São Paulo: Todavia, 2018.

OLIVEIRA, Rodrigo Santos. Imprensa Integralista, Imprensa Militante (1932-1937).  2009. Tese (Doutorado em História). Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Porto Alegre.

PONTES, Gustavo Tiengo. Adeptos do Sigma em Florianópolis: estudo sobre o periódico ‘Flamma Verde’ e a presença Integralista na capital catarinense. 2013. TCC (Graduação em História). Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis.

PONTES, Gustavo Tiengo. Das páginas de “Flamma Verde”: educação e sociabilidade no periódico integralista “Flamma Verde” em Florianópolis entre 1936 e 1938. 2016. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis.

REIBNITZ, Cecília de Sousa.  O decadentismo em revista: revistas culturais, artes visuais e a modernidade brasileira. In: FLORES, Maria Bernardete Ramos; PIAZZA, Maria de Fátima Fontes (Orgs.). Arte e Pensamento: Operações Historiográficas. São Paulo: Rafael Copetti Editor, 2016.

SALGADO, Plínio. A doutrina do Sigma. Schmidt editor. 1935.

TRINDADE, Hélgio. Integralismo: o fascismo brasileiro na década de 30. São Paulo, Rio de Janeiro: Difel, 1979.

VELLOSO, Mônica Pimenta. História e Modernismo. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2010.

FLAMMA VERDE, Florianópolis, 2 de janeiro de 1937, ed. 17.

FLAMMA Verde, Florianópolis, 16 de outubro de 1937, ed.57.

FLAMMA VERDE, Florianópolis, 25 de setembro de 1937, ed.54.

FLAMMA VERDE, Florianópolis, 16 de outubro de 1937, ed.57.

UNIÃO DEMOCRÁTICA BRASILEIRA. Verbete. FGV CPDOC. Disponível em: <http://www.fgv.br/cpdoc/acervo/dicionarios/verbete-tematico/uniao-democratica-brasileira-udb>. Acesso em 20/01/2017.