História e historiografia da saúde e das doenças na paraíba

Palavras-chave: História da Saúde e das Doenças, Paraíba, Historiografia

Resumo

Esse texto tem por objetivo discutir a produção historiográfica sobre o campo da história da saúde e das doenças na Paraíba. Para tanto, utilizei a categoria de geração para pensar os primeiros escritores (médicos e jornalistas) sobre o tema, atrelados a uma história tradicional, e no segundo momento, as produções acadêmicas a nível de pós-graduação. As fontes problematizadas são revistas especializadas, livros, dissertações e teses. Conclui-se que existe um considerável número de pesquisas no campo da história da saúde e das doenças que contribui para o entendimento do processo de construção social da doença.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AGUIAR JR., F. D.. Imagens da doença, políticas da notícia: Cenários e representações da aids na imprensa paraibana (1980). Dissertação (Mestrado em História). Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal da Paraíba, 2016.
AGUIAR, W.. A velha Paraíba nas páginas de jornais. João Pessoa: A União, 1999.
ALMEIDA, J. A.. A Paraíba e seus problemas. João Pessoa: A União, 1980.
ALVES, G. F.. A administração da loucura: a Santa Casa da Parahyba do Norte no tratamento dos alienados (1858-1892). Dissertação (Mestrado em História). Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal da Paraíba, 2018.
ARAÚJO, R. N.. O terrível flagelo da humanidade: os discursos médico-higienistas no combate a sífilis na Paraíba (1921-1940). Dissertação (Mestrado em História). Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal de Campina Grande, 2020.
ARAÚJO, S. V.. Entre o poder e a ciência: história das instituições de saúde e de higiene da Paraíba na Primeira República (1889-1930). Tese (Doutorado em História). Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal de Pernambuco, 2016.
CARVALHO, M. B. V.. O médico disse que estou magrinho?: alimentação na infância como uma prática educativa na Paraíba (1918 a 1937). Dissertação (Mestrado em História). Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal de Campina Grande, 2018.
CASTRO, O. O.. Medicina na Paraíba. João Pessoa: A União, 1945.
_____. Subsídios a história da medicina na Parahyba: corrida de diagnósticos. Revista Medicina, n. 1, 1936, p. 24-29
_____. Subsídios a história da medicina na Parahyba: o caso Thomaz Camboia. Revista Medicina, n. 2 e 3, 1936, p. 93-99.
_____. Subsídios a história da medicina na Parahyba: um caso esporádico. Revista Medicina, n. 4, 1937, p. 35-40.
COELHO FILHO, H.. A epidemia de cólera morbo na Paraíba em 1856. Revista de Medicina, n. 19 e 20, 1959, p. 29-34.
COELHO FILHO, H.. Medicina, doenças e médicos nos primeiros anos da Paraíba. Revista do IHGP, n. 18, 1971, p. 177-195.
FARIAS, R. A. As artes de fazer nascer: do parto doméstico ao parto hospitalar - o corpo feminino medicalizado (Campina Grande, 1950-1970). Dissertação (Mestrado em História). Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal de Campina Grande, 2012.
GALVÍNCIO, A. S.. A trajetória intelectual de Eudésia Vieira: educação, feminismos e história pátria (1921-1955). Tese (Doutorado em Educação). Programa de Pós-Graduação em Educação, Centro de Educação, Universidade Federal da Paraíba, 2019.
JUNQUEIRA, H. G. F. W.. Doidos[as] e doutores: a medicalização da loucura na Província/estado da Parahyba do Norte 1830-1930. Tese (Doutorado em História). Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal de Pernambuco, 2016.
MARIANO, N. R. C.. Educação pela higiene: a invenção de um modelo hígido de educação escolar primária na Parahyba do Norte (1849-1886). Tese (Doutorado em Educação). Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal da Paraíba, 2015.
MAROJA, F. Nossa hygiene. Revista do Instituto Histórico e Geográfico da Paraíba, João Pessoa, n. 03, p. 431-437, 1911.
MARTINS, N. S.. Santa Casa dos mortos: ritos fúnebres, mortalidade e relações de poder na Paraíba oitocentista. Tese (Doutorado em História). Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal de Pernambuco, 2019.
MEDEIROS, C.. Subsidio para a história da hygiene pública na Parahyba. Revista do Instituto Histórico e Geográfico da Paraíba, n. 3, 1911, p. 117-124.
MEDEIROS, J. E. M, LUCAS, J. M.. Dicionário Biográfico dos Médicos da Paraíba. João Pessoa: Grafique, 2014.
MELO, R. N. G.. A lymfoterapia ou a cura pelo cuspe: os saberes “médicos” produzidos pelo curandeiro/farmacêutico José Fábio Lyra na Paraíba (1904-1945). Dissertação (Mestrado em História). Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal de Campina Grande, 2019.
NASCIMENTO, J. L.. Os corpos adoecidos: experiências dos portadores da doença dos “Lábios Azuis”. Dissertação (Mestrado em História). Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal de Campina Grande, 2017.
NASCIMENTO, E. C.. “A lepra e a ordem”: uma história da construção do Hospital Colônia Getúlio Vargas - Paraíba (1929-1941). Dissertação (Mestrado em História). Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal da Paraíba, 2019.
NÓBREGA, H.. As raízes das ciências da saúde na Paraíba. João Pessoa: UFPB, 1979.
PINHEIRO, A. C. F. Historiadores da educação brasileira: gerações em diálogos. Revista Brasileira de História da Educação, v. 19, 2019, p. 1-26.
PINTO, I.. O cholera-morbus na Paraíba. Revista do IHGP, n. 2, 1910, p. 117-132.
PORTO, P.. A higiene como missão: Fundação Rockefeller, filantropia e controvérsia científica Paraíba do Norte (1923-1930). Tese (Doutorado em História). Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal de Minas Gerais.
REIS, J. C.. História: entre a filosofia e a ciência. Belo Horizonte: Autêntica, 1999.
SÁ, L. D. Parahyba: uma cidade entre miasmas e micróbios. O Serviço de Hygiene Pública, 1895 a 1918. Tese (Doutorado em Enfermagem), Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo, 1999.
SANTOS, A.. “Cultura physica para a família campinense”: higiene e educação física no Instituto Pedagógico - Campina Grande (1931-1942). Dissertação (Mestrado em História). Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal de Campina Grande, 2018.
SANTOS, L. Q. B. F.. Entre a ciência e a saúde pública: a construção do médico paraibano como reformador social (1911–1929). Dissertação (Mestrado em História). Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal de Campina Grande, 2015.
_____. Admirável corpo novo: discursos médicos sobre as classes trabalhadoras (Paraíba, 1930-1945). Tese (Doutorado em História Social). Programa de Pós-Graduação em História, Universidade de São Paulo, 2020.
SILVA, B. B. S.. O poder político de José Américo de Almeida: a construção do americismo (1928-1935). Dissertação (Mestrado em História). Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal da Paraíba, 2015.
SILVA, J. C. A.. Para a melhoria da raça e a civilização do povo paraibano: uma história da eugenia na Paraíba (1914-1921). Dissertação (Mestrado em História). Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal da Paraíba, 2013.
SILVA, W. F.. Artes de Curar em Confronto? Disputas, Ofícios e Práticas de cura na Paraíba Imperial (1870-1880). Dissertação (Mestrado em História). Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal da Paraíba, 2020.
SILVEIRA, A, J. T.; NASCIMENTO, D. R. A doença revelando a história. Uma historiografia das doenças. In: CARVALHO, D. M.; NASCIMENTO, D. R.. Uma história brasileira das doenças. Brasília: Paralelo 15, 2004, p. 13-30.
SIRINELLI, J. F.. A geração. In: AMADO, J.; FERREIRA, M. M. Usos & abusos da história oral. Rio de Janeiro: FGV, 2001, p. 131-137.
SOARES JR. A. S.. Corpos hígidos: o limpo e o sujo na Paraíba. Dissertação (Mestrado em História). Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal da Paraíba, 2011.
_____. Physicamente vigorosos: medicalização escolar e modelação de corpos na Paraíba (1913-1942). Tese (Doutorado em Educação). Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal da Paraíba, 2015.
SOCIEDADE DE MEDICINA E CIRURGIA DA PARAÍBA. Semana médica. Parahyba: Imprensa Oficial, 1927.
VIDERES, A. R. N, NÓBREGA, M. M. L. Lenilde Duarte de Sá: vida e docência inspiradas na arte do cuidar. História Enfermagem Revista Eletrônica, n. 9, v. 2, 2018, p. 141-148.
Publicado
2021-12-17
Como Citar
dos Santos Soares Júnior, A. . (2021). História e historiografia da saúde e das doenças na paraíba. Fênix - Revista De História E Estudos Culturais, 18(2), 100-133. https://doi.org/10.35355/revistafenix.v18i2.1116