Um ensaio de história das mentalidades?

O problema do insolidarismo em Populações meridionais do Brasil (1920), de Oliveira Viana

Palavras-chave: Mentalidades, ensaísmo, história intelectual

Resumo

Este trabalho coloca em evidência a maneira como Oliveira Viana informa o conteúdo dos conceitos, das metáforas e das expressões psicológicas que mobiliza em Populações meridionais do Brasil (1920). Por investigar as formas mentis da experiência histórica nacional consideramos pertinente esta indagação: Populações pode ser considerado um ensaio de história das mentalidades? Acompanhamos esse movimento intelectual através dos sentidos e dos significados que o problema do insolidarismo assume na obra. Por fim, fazemos uma aproximação entre o livro em questão e as condicionantes epistêmicas que sustentam a tradição ensaística brasileira nas primeiras décadas republicanas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

FONTES

VIANA, Francisco José de Oliveira. Insolidarismo e solidarismo. In: _____. Ensaios inéditos. Campinas: Editora da UNICAMP, 1991.

VIANA, Francisco José de Oliveira. O ocaso do Império. São Paulo: Cia. Melhoramentos, 1925.

VIANNA, Francisco José de Oliveira. Populações meridionais do Brazil (história – organização – psicologia). Primeiro volume. Populações rurais do centro-sul (paulistas – fluminenses – mineiros). São Paulo: Monteiro Lobato & Cia. Editores, 1920.

BIBLIOGRAFIA

BRASIL JR., Antônio da Silveira. Intelectuais e Statemakers: Oliveira Vianna, Evaristo de Moraes Filho e a ação coletiva no Brasil. Revista Estudo Históricos, vol. 23, n. 46, pp. 301-320, 2010.

BRESCIANI, Maria Stella Martins. O charme da ciência e a sedução da objetividade. Oliveira Vianna entre intérpretes do Brasil. São Paulo: Editora UNESP, 2007.

CANDIDO, Antonio. O significado de Raízes do Brasil. In: HOLANDA, Sérgio Buarque de. Raízes do Brasil. São Paulo: Companhia das Letras, 2006.

CANDIDO, Antônio. Literatura e sociedade. São Paulo, Editora Nacional, 1985.

CARVALHO, José Murilo de. A utopia de Oliveira Vianna. In: BASTOS, Elide R.; MORAES, João Q. de (orgs.). O pensamento de Oliveira Vianna. Campinas: Ed. Unicamp, 1993.

DE LUCA, Tania. A Revista do Brasil: um diagnóstico para a (n)ação. São Paulo: Editora da UNESP, 1999.

GENTILE, Fábio. A apropriação do corporativismo fascista no “autoritarismo instrumental” de Oliveira Vianna. Tempo [online], vol. 25, n. 1, pp. 110-132. Disponível em:https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S141377042019000100110&lng=pt&nrm=iso Acesso em: 10 ago. 2020

GOMES, Angela de Castro. A experiência colonial e as raízes do pensamento social brasileiro: Oliveira Vianna e Sérgio Buarque de Holanda. Revista de História Portuguesa, t. XLI, pp. 291-304, 2010. Disponível em: https://digitalis.uc.pt/pt-pt/artigo/experi%C3%AAncia_colonial_e_ra%C3%ADzes_do_pensamento_social_brasileiro_oliveira_vianna_e_s%C3%A9rgio Acesso em: 10 ago. 2020.

MARTINS-COSTA, Judith. Sobre a princípio da insolidariedade: os cumes das montanhas e os universos submersos. Letras, n. 32, pp. 145-166, 2006. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/letras/article/view/11916/7337 Acesso em: 25 mai. 2020.

NICOLAZZI, Fernando. Um estilo de história: a viagem, a memória, o ensaio. Sobre Casa Grande & Senzala e a representação do passado. Tese (Doutorado em história) – Programa de Pós-graduação em História, UFRGS, Porto Alegre, 2008.

REZENDE, Maria José de. Oliveira Vianna e a Mudança Social no Brasil. Cad. Est. Soe, 15(1), Recife, 149-178, 1999.

RICOUER, Paul. A memória, a história, o esquecimento. Campinas: Editora da UNICAMP, 2007.

SASS, Odair. Psicologia, tecnologia e educação: apontamentos sobre Oliveira Vianna e Lourenço Filho. Psicologia Política, 5(10), pp. 161-181, 2005. Disponível em: https://www.academia.edu/39357278/Psicologia_tecnologia_e_educa%C3%A7%C3%A3o_apontamentos_sobre_Oliveira_Vianna_e_Louren%C3%A7o_Filho Acesso em: 10 ago. 2020.

VOVELLE, Michel. Existe um inconsciente coletivo? In: Ideologias e mentalidades. São Paulo: Brasiliense, 1987.

WERNECK VIANNA, Luiz. Americanistas e iberistas: a polêmica de Oliveira Vianna com Tavares Bastos. In: BASTOS, Elide. R; MORAES, João Q. (orgs.). O Pensamento de Oliveira Vianna. Campinas: Ed. Unicamp, 1993.

Publicado
2021-12-17
Como Citar
Detoni, P. . (2021). Um ensaio de história das mentalidades? O problema do insolidarismo em Populações meridionais do Brasil (1920), de Oliveira Viana. Fênix - Revista De História E Estudos Culturais, 18(2), 752-772. https://doi.org/10.35355/revistafenix.v18i2.1181