SOBRE O TEATRO BRASILEIRO CONTEMPORÂNEO E A ENCENAÇÃO DE “RESTOS” [“WRECKS”] POR ANTONIO FAGUNDES

  • Rosangela Patriota Universidade Federal de Uberlândia – UFU
Palavras-chave: História Cultural, Teatro Brasileiro, Antonio Fagundes, Neil LaBute, Restos

Resumo

Este artigo tem por objetivo mostrar a importância da dramaturgia de Neil LaBute e apresenta a forma como a subjetividade/criatividade artística do ator brasileiro Antonio Fagundes fertiliza e confere materialidade/sensibilidade à trajetória trágica de Edward Carr (Restos).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosangela Patriota, Universidade Federal de Uberlândia – UFU

Professora Associado 2 do Instituto de História da Universidade Federal de Uberlândia. Coordenadora do Núcleo de Estudos em História Social da Arte e da Cultura [NEHAC] e Editora da Fênix – Revista de História e Estudos Culturais. Desde seu doutoramento em História Social pela USP, atua como pesquisadora de teatro brasileiro. Com o apoio do CNPq e da FAPEMIG desenvolveu exaustiva pesquisa acerca da trajetória artística de Antonio Fagundes, com ênfase sobre a Companhia Estável de Repertório [C.E.R.]. Os resultados dessa investigação estão sendo analisados e, em breve, serão editados em forma de livro.

Referências

BRASIL, Ubiratan. Uma surpreendente historia de amor. O Estado de s. Paulo. São Paulo, 20/08/2009 [Caderno 2, D9].

FAGUNDES, Antonio. Programa do Espetáculo “Restos”.

PESAVENTO, Sandra Jatahy. Sensibilidades: escrita e leitura da alma. In: PESAVENTO, Sandra Jatahy & LANGUE, Frédèrique. Sensibilidades na história: memórias singulares e identidades sociais. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2007.

WILLIAMS, Raymond. Tragédia Moderna. São Paulo: Cosac & Naif, 2002.

Publicado
2009-09-30
Como Citar
Patriota, R. . (2009). SOBRE O TEATRO BRASILEIRO CONTEMPORÂNEO E A ENCENAÇÃO DE “RESTOS” [“WRECKS”] POR ANTONIO FAGUNDES. Fênix - Revista De História E Estudos Culturais, 6(3), 1-12. Recuperado de https://www.revistafenix.pro.br/revistafenix/article/view/196