LEITURA CRÍTICA DE O MUNDO É UM MOINHO

O TEATRO POPULAR NO SÉCULO XX. HISTÓRIAS E EXPERIÊNCIAS

  • Alexandre Mate Universidade Estadual Paulista – UNESP
Palavras-chave: O mundo é um moinho: o teatro popular no século XX. História e experiências

Resumo

O mundo é um moinho: o teatro popular no século XX. História e experiências (publicado em 2009, pelo governo de Goiânia e pela Editora Kelps), ao
tomar como assunto a criação do Teatro Popular do SESI – trajetória, repertório e pressupostos fundantes, sem dúvida, além de trabalho de recuperação de experiência estética significativa, presta justa homenagem ao grande homem de teatro Osmar Rodrigues Cruz.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alexandre Mate, Universidade Estadual Paulista – UNESP

Professor do Instituto de Artes da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”; pesquisador de teatro e integrante dos Núcleos Nacional e Paulistano de Pesquisadores de Teatro de Rua.

Referências

CAMARGO, Rôbson Côrrea de. O mundo é um moinho: o teatro popular no século XX. História e experiências. Goiânia: Editora Kelps, 2009.

BRECHT. A vida de Galileu. Rio de Janeiro: Zahar, 1996.

Publicado
2010-12-10
Como Citar
Mate, A. . (2010). LEITURA CRÍTICA DE O MUNDO É UM MOINHO: O TEATRO POPULAR NO SÉCULO XX. HISTÓRIAS E EXPERIÊNCIAS. Fênix - Revista De História E Estudos Culturais, 7(3), 1-4. Recuperado de https://www.revistafenix.pro.br/revistafenix/article/view/288