ODUVALDO VIANNA FILHO E O CINEMA NOVO

APONTAMENTOS EM TORNO DE UM DEBATE ESTÉTICO-POLÍTICO

  • Alcides Freire Ramos
Palavras-chave: Vianinha, Teatro Brasileiro, Cinema Novo

Resumo

Neste artigo pretendemos lançar luz sobre alguns aspectos da trajetória do ator, dramaturgo e agitador cultural Oduvaldo Vianna Filho, enfocando particularmente algumas de suas relações com o cinema brasileiro. Neste sentido, elegemos aqui como ponto central as polêmicas que travou com os diretores do Cinema Novo, sobretudo com Glauber Rocha.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BERNARDET, J. C. Brasil em Tempo de Cinema. Rio de Janeiro: Paz e terra, 1978.

GABEIRA, F. O que é isso, companheiro? 23’ed., Rio de Janeiro: Codecri, 1981.

GALVÃO, M. R. & BERNARDET, J. C. Cinema: repercussões em caixa de eco ideológica. São Paulo: Brasiliense, 1983.

MORAES, D. de. Vianinha: Cúmplice da Paixão. Rio de Janeiro: Nórdica, 1991.

PATRIOTA, R. Vianinha: um dramaturgo no coração de seu tempo. São Paulo, Hucitec, 1999.

SARACENI, P. C. Por dentro do Cinema Novo: minha viagem. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1993.

STAAL, A. H. C. (org). Primeiro Ato: cadernos, depoimentos e entrevistas (1958-1974) de José Celso Martinez Corrêa. São Paulo: Editora 34, 1998.

VELOSO, C. Verdade Tropical. São Paulo: Companhia das Letras, 1997.

VIANNA, D. Companheiros de Viagem. São Paulo: Brasiliense, 1984.

Publicado
2020-08-06
Como Citar
Freire Ramos, A. . (2020). ODUVALDO VIANNA FILHO E O CINEMA NOVO: APONTAMENTOS EM TORNO DE UM DEBATE ESTÉTICO-POLÍTICO. Fênix - Revista De História E Estudos Culturais, 1(1), 1-9. Recuperado de https://www.revistafenix.pro.br/revistafenix/article/view/3