MEMORIAL DOS AUSENTES

A SUBVERSÃO DA HISTÓRIA EM MEMORIAL DO CONVENTO, DE JOSÉ SARAMAGO

  • Paulo Ricardo Kralik Angelini Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUCRS
Palavras-chave: Literatura e História, Literatura Portuguesa, D. João V, Convento de Mafra

Resumo

Sabe-se que José Saramago sempre manteve com a História uma relação de tensão, de constante questionamento. O autor buscava corrigir a História, e preencher os espaços vazios existentes no discurso oficial com a voz dos oprimidos, silenciada por séculos de exploração. Este artigo pretende apontar a forma como a História pretensamente oficial, em especial o historiador João Ameal, tratou a construção do Convento de Mafra e a atuação do rei D. João V e, por outro lado, o olhar crítico de José Saramago na reelaboração deste mesmo momento histórico em Memorial do Convento. Para o debate teórico, pretende-se reunir autores como Stephen Bann, Paul Ricoeur, Roland Barthes, Paul Veyne, José Carlos Barreiro, Hilario Franco Júnior, entre outros.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AMEAL, João. História de Portugal. 7ª ed. Porto: Livraria Tavares Martins, 1974.

BANN, Stephen. A Invenção da História: Ensaios sobre a representação do passado. São Paulo: Editora da Universidade Estadual Paulista, 1994.

BARREIRO, José Carlos. O mal-estar da história: Crise e pensamento na historiografia moderna. In: SILVA, Zélia (org), Cultura Histórica em Debate. São Paulo: Editora da Universidade Estadual Paulista, 1995.

BARTHES, Roland. O discurso da História. In: O Rumor da Língua. São Paulo: Editora Brasiliense, 1988.

BENJAMIN, Walter. Sobre o conceito de História. In: Magia e Técnica, Arte e Política. São Paulo: Editora Brasiliense, 1985.

DUARTE, Lélia; MALARD, Letícia; MIRANDA, Wander. José Saramago, tecedor da História. In: Centro de Estudos Portugueses. Boletim Ano IX/X. V. 12, jul. de 86 – Dez. de 88.

FRANCO JÚNIOR, Hilário. História, Literatura e Imaginário: Um jogo especular. O exemplo medieval da Cocanha. In: IANNONE, Carlos; ZAMBONI, Márcia; JUNQUEIRA, Renata (Orgs.) Sobre as Naus da Iniciação. São Paulo: Fundação Editora da UNESP, 1998.

PERES, Damião; RIBEIRO, Ângelo. História de Portugal – Edição Monumental. Porto: Portucalense Editora, 1958.

PERRONE-MOYSÉS, Leila. Formas e usos da negação na ficção histórica de José Saramago. In: CARVALHAL, Tania e TUTIKIAN, Jane (org.). Literatura e História – Três Vozes de Expressão Portuguesa. Porto Alegre: Editora da Universidade/UFRGS, 1999.

PESSANHA, José Américo Motta, O Sono e a Vigília. In: NEVES, Adauto (Org), Tempo e História. 2ª ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1996.

REIS, Carlos. Romance e História depois da Revolução: José Saramago e a ficção portuguesa. In: Literaturas de Língua Portuguesa e a renovação do discurso literário. Anais do XIV Encontro de Professores Universitários Brasileiros de Literatura Portuguesa. Porto Alegre: EdiPUCRS, 1994.

RICOEUR, Paul. Tempo e Narrativa. Campinas, Editora Papirus, 1997.

SELISTRE, Maria Tereza. A jangada de pedra: a desestabilização da história e da ficção. In: Literaturas de Língua Portuguesa e a Renovação do Discurso Literário. Anais do XIV Encontro de Professores Universitários Brasileiros de Literatura Portuguesa. Porto Alegre: EdiPUCRS, 1994

SARAIVA, António José. História da Literatura Portuguesa, 8ª ed, Lisboa: Publicações Europa-América, 1965.

SARAMAGO, José. História do Cerco de Lisboa. 8ªed. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.

SARAMAGO, José, Memorial do Convento, 25ª ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2000.

SARAMAGO, José. O diálogo com a História. In: REIS, Carlos. O conhecimento da literatura. Coimbra: Editora Almedina, 1995.

SCHIAVINATTO, Iara Lis. Falar de um incômodo não é falar mal. In: SILVA, Zélia (org), Cultura Histórica em Debate. São Paulo: Editora da Universidade Estadual Paulista, 1995

SILVA, Teresa Cristina Cerdeira da. José Saramago, entre a história e a ficção: uma saga de portugueses. Lisboa: Editora Dom Quixote, 1989

SILVA, Teresa Cristina Cerdeira. Na crise do histórico, a aura da história. In: CARVALHAL, Tania; TUTIKIAN, Jane (org.). Literatura e História – Três Vozes de Expressão Portuguesa. Porto Alegre: Editora da Universidade/UFRGS, 1999.

VEYNE, Paul. Como se escreve a história. Lisboa: Edições 70, 2008.

Publicado
2017-12-05
Como Citar
Angelini, P. R. K. . (2017). MEMORIAL DOS AUSENTES : A SUBVERSÃO DA HISTÓRIA EM MEMORIAL DO CONVENTO, DE JOSÉ SARAMAGO. Fênix - Revista De História E Estudos Culturais, 14(2). Recuperado de https://www.revistafenix.pro.br/revistafenix/article/view/475