A CIDADE REVELADA EM DOIS TEMPOS

APONTAMENTOS SOBRE A URBANIZAÇÃO DE CANOAS/RS A PARTIR DE REGISTROS FOTOGRÁFICOS (1952/1978)

  • Danielle Heberle Viegas Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUCRS
Palavras-chave: Fotografia e História, Fotografia e Oralidade, Urbanização, Cidades metropolitanas, Canoas/RS (Brasil)

Resumo

Este artigo, concebido a partir de uma interlocução existente entre a História Urbana e a História Visual, busca comunicar a respeito de um estudo de caso realizado em Canoas/RS. O objetivo da investigação foi o de analisar o(s) modo(s) de apreensão da urbanização da cidade através da fotografia em dois tempos (1952/1978). O recorte temporal limitado pelos anos citados é caracterizado por intensas transformações territoriais e populacionais em Canoas, que foram registradas, entre outras produções, pelas fotografias.  Em termos teórico-metodológicos, adotou-se a ideia de que a fotografia é tanto um suporte material (documento) quanto uma elaboração cultural (representação) da realidade em questão. São destaques do texto as especificidades da constituição de um trabalho com fotografias vinculadas a uma cidade metropolitana, a elucidação das diferentes temporalidades do processo de urbanização das cidades brasileiras e as possibilidades de pesquisa decorrentes do cruzamento de fontes orais e imagéticas.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Danielle Heberle Viegas, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUCRS

Doutoranda em História pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul/PUCRS. Pesquisadora associada ao Centro Universitário La Salle/UNILASALLE, na Linha de Pesquisa “Memória, Cultura e Identidade”.

Referências

CAVENAGHI, Airton José. São José do Rio Preto fotografado: imagética de uma experiência urbana (1852-1910). In: Revista Brasileira de História. São Paulo, v. 23, n. 46, 2003.

FABRIS, Annateresa. Discutindo a Imagem Fotográfica. In: Fotografia Contemporânea, 2007, p. 1-12. Disponível em: www.fotografiacontemporanea.com.br

GRAEBIN, Cleusa; PENNA, R.; SABALLA, V. De cidade dormitório a cidade industrial: memórias e imagens da urbanização de Canoas. III Simpósio Nacional de História Cultural: mundos da imagem do texto ao visual, 2006, Florianópolis.Anais do III Simpósio Nacional de História Cultural, Florianópolis, 2006.

KOSSOY, Boris. Construção e desmontagem do signo fotográfico. In: Realidades e ficções na trama fotográfica. 3ª ed. São Paulo: Ateliê Editorial, 2002.

LEITE, Miriam Moreira. Retratos de família. São Paulo: Edusp, 1992.

LEPETIT, Bernard. Por uma nova história urbana. São Paulo: Ed. da USP, 2001.

LIMA, Solange F. de; CARVALHO, Vânia C. de. Fotografia e Cidade: da razão urbana à lógica de consumo: álbuns da cidade de São Paulo, 1887-1954. Campinas: Mercado de Letras, 1997.

LISPECTOR, Clarice. A Paixão segundo G.H. 6ª. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1979.

MAUAD, Ana Maria. A inscrição na cidade: paisagem urbana nas fotografias de Marc Ferrez e Augusto Malta. In: Poses e flagrantes. Ensaios sobre o fotográfico. Niterói: Eduff, 2008.

MAUAD, Ana Maria. Fotografia e História: possibilidades de análise. In: CIAVATTA, Maria; ALVES, Nilda (Orgs.). A Leitura de Imagens na Pesquisa Social: História, comunicação e Educação. São Paulo: Cortez, 2004.

MENESES, Ulpiano T. Bezerra. Rumo a uma história visual. In: MARTINS, J. S.; ECKERT, C.; NOVAES, S.C. (Orgs.) O imaginário e o poético nas Ciências Sociais. Bauru: EDUSC, 2005.

MONDENARD, Anne de. A emergência de um novo olhar sobre a cidade: as fotografias urbanas de 1870 a 1918. In: Projeto História: espaço e cultura, n. 18, mai. de 1999.

MONTEIRO, Charles. Imagens sedutoras da modernidade urbana: reflexões sobre a construção de um novo padrão de visualidade urbana nas revistas ilustradas na década de 1950. Revista Brasileira de História, v. 27, p. 159-176, 2007.

PESAVENTO, Sandra. O imaginário da cidade: visões literárias do urbano – Paris – Rio de Janeiro – Porto Alegre. 2ª ed. Porto Alegre: Ed. da UFRGS, 2002.

TURAZZI, Maria Inês. Paisagem construída: fotografia e memória dos “melhoramentos urbanos” na cidade do Rio de Janeiro. In: Varia história, Belo Horizonte, vol. 22, n. 35, jan.-jun. de 2006.

VIEGAS, Danielle Heberle. Entre o(s) passado(s) e o(s) futuro(s) da cidade: um estudo sobre a urbanização de Canoas/RS (1929-1959). 2011. 184 f. Dissertação (Mestrado em História). Programa de Pós-Graduação em História, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2011.

Publicado
2013-06-17
Como Citar
Heberle Viegas, D. . (2013). A CIDADE REVELADA EM DOIS TEMPOS: APONTAMENTOS SOBRE A URBANIZAÇÃO DE CANOAS/RS A PARTIR DE REGISTROS FOTOGRÁFICOS (1952/1978). Fênix - Revista De História E Estudos Culturais, 10(1), 1-21. Recuperado de https://www.revistafenix.pro.br/revistafenix/article/view/476