VARIAÇÕES CULTURAIS DO CONCEITO DE FELICIDADE

  • Andreza Santos Cruz Maynard Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” - UNESP
Palavras-chave: A idade de ouro: história da busca da felicidade, Georges Minois

Resumo

O francês Georges Minois dedicou parte de sua trajetória intelectual à investigação de sentimentos e ideias. Temas pouco comuns como a melancolia, o riso, o suicídio e a depressão integram a produção acadêmica desse historiador. E seu último livro publicado no Brasil em 2011, pela Editora Unesp, A Idade de Ouro: História da Busca da Felicidade acompanha essa perspectiva. Antes de tudo, o autor faz questão de esclarecer que a obra não oferece uma receita para alcançar a tão almejada felicidade. Como o próprio título sugere, Minois procura descobrir como os homens forjaram concepções de felicidade e caminhos que os levassem a ela. Mais precisamente, é sobre a corrida em direção à felicidade que o autor escreve.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andreza Santos Cruz Maynard, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” - UNESP

Graduada em História pela Universidade Federal de Sergipe, Mestre em História pela Universidade
Federal de Pernambuco e Doutoranda em História pela UNESP/Bolsista CAPES/ Integrante do
GET/UFS/CNPq.

Referências

MINOIS, Georges. A idade de ouro: história da busca da felicidade. Tradução Christiane Fonseca Gradvohl Colas. São Paulo: Editora Unesp, 2011.

Publicado
2013-06-17
Como Citar
Santos Cruz Maynard, A. . (2013). VARIAÇÕES CULTURAIS DO CONCEITO DE FELICIDADE. Fênix - Revista De História E Estudos Culturais, 10(1), 1-6. Recuperado de https://www.revistafenix.pro.br/revistafenix/article/view/481