LUIGI PIRANDELLO NO BRASIL

SIGNIFICADOS TEATRAIS E SOCIAIS POR MEIO DO DIÁLOGO ENTRE ARTE E SOCIEDADE

  • Rodrigo de Freitas Costa Universidade Federal do Triângulo Mineiro - UFTM
Palavras-chave: Luigi Pirandello, Teatro brasileiro, Diálogos culturais

Resumo

Este artigo discute o processo de recepção do teatro de Luigi Pirandello no Brasil nos anos 1920, tendo por pressuposto a valorização dos diálogos sociais e culturais estabelecidos entre Brasil e Itália desde o século XIX. Assim, realçamos breves aspectos da imigração italiana, a importância estética do autor e as suas propostas de renovação teatral com o objetivo de aprofundar, no âmbito do conhecimento histórico, os estudos sobre as práticas culturais e artísticas de uma época.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodrigo de Freitas Costa, Universidade Federal do Triângulo Mineiro - UFTM

Professor Adjunto do curso de História da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (Uberaba-MG), Doutor em História Social pela Universidade Federal de Uberlândia, pesquisador do Núcleo de Estudos em História Social da Arte e da Cultura (NEHAC), autor do livro Tambores na Noite: a dramaturgia de Brecht na cena de Fernando Peixoto, publicado em 2010 pela Editora Hucitec e um dos editores do periódico eletrônico Fênix – Revista de História de Estudos Culturais.

Referências

BRANDÃO, Tania. Os grandes astros. In: In: FARIA, João Roberto. (Dir.). História do Teatro Brasileiro, volume 1: das origens ao teatro profissional da primeira metade do século XX. São Paulo: Perspectiva: Edições Sesc, 2012.

CENNI, Franco. Os italianos no Brasil. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2003.

FABRIS, Annateresa; FABRIS, Mariarosaria. Presença de Pirandello no Brasil. In: GUINSBURG, J. (Org.). Pirandello: do teatro no teatro. São Paulo: Perspectiva, 2009.

GUINSBURG, J. (Org.). Pirandello: do teatro no teatro. São Paulo: Perspectiva, 2009.

GUINSBURG, Jacó; PATRIOTA, Rosangela. Teatro Brasileiro: ideias de uma história. São Paulo: Perspectiva, 2012.

HALLEWELL, Laurence. O livro no Brasil: sua história. Tradução de Maria da Penha Villalobos, Lólio Lourenço de Oliveira e Geraldo Gerson de Souza. 2. ed. rev. e ampl. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2005.

LEVIN, Orna Messer. O teatro dos escritores modernistas. In: FARIA, João Roberto. (Dir.). História do Teatro Brasileiro volume 2: do modernismo às tendências contemporâneas. São Paulo: Perspectiva: Edições Sesc, 2013.

RIBEIRO, Martha. Luigi Pirandello: um teatro para Marta Abba. São Paulo: Perspectiva, 2010.

SILVA, Lafayette. História do Teatro Brasileiro. Rio de Janeiro: Ministério de Educação e Saúde, 1938.

SILVEIRA, Miroel. A contribuição italiana ao teatro brasileiro: (1895/1964). São Paulo: Quíron; Brasília: INL, 1976.

TORRES, Walter Lima; VIEIRA, Francisco José. Artistas e Companhias Dramáticas Estrangeiras no Brasil. In: FARIA, João Roberto. (Dir.). História do Teatro Brasileiro, volume 1: das origens ao teatro profissional da primeira metade do século XX. São Paulo: Perspectiva: Edições Sesc, 2012.

TRENTO, Angelo. Do outro lado do Atlântico: um século de imigração italiana no Brasil. São Paulo: Nobel, 1989.

TRENTO, Angelo. Os italianos no Brasil. São Paulo: Prêmio, 2001.

VARGAS, Maria Thereza. O Teatro Filodramático, Operário e Anarquista. In: FARIA, João Roberto. (Dir.). História do Teatro Brasileiro,volume 1: das origens ao teatro profissional da primeira metade do século XX. São Paulo: Perspectiva: Edições Sesc, 2012.

Publicado
2014-12-15
Como Citar
de Freitas Costa, R. . (2014). LUIGI PIRANDELLO NO BRASIL: SIGNIFICADOS TEATRAIS E SOCIAIS POR MEIO DO DIÁLOGO ENTRE ARTE E SOCIEDADE. Fênix - Revista De História E Estudos Culturais, 11(2), 1-14. Recuperado de https://www.revistafenix.pro.br/revistafenix/article/view/586