JUSTICEIROS E VINGADORES EM OBRAS LITERÁRIAS DE CAMILO CASTELO BRANCO E FRANKLIN TÁVORA

  • Adalmir Leonidio Universidade de São Paulo – USP
Palavras-chave: Justiceiro, Vingador, Literatura Portuguesa, Literatura Brasileira

Resumo

O artigo faz uma análise da forma como as culturas portuguesa e brasileira tem representado em sua literatura dois tipos básicos de bandido, o justiceiro e o vingador. Por que determinadas culturas parecem tolerar bem mais do que outras estes tipos sociais? Mais que isso, por que algumas delas, por vezes, os transformam em heróis nacionais? Para o estudo foram usados partes dos escritos autobiográficos de Camilo Castelo Branco, Memórias do cárcere e o romance O Cabeleira, de Franklin Távora.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adalmir Leonidio, Universidade de São Paulo – USP

Doutor em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Livre Docente em História Ambiental do Brasil pela Universidade de São Paulo.

Referências

BRANCO, Camilo Castelo. Memórias do cárcere II. Lisboa: Europa-América, 1983.

CHIAVENATO, Júlio José. Cangaço, a força do coronel. São Paulo: Brasiliense, 1990.

ELIAS, Norbert. O processo civilizador, v. 1. Rio de Janeiro: Zahar, 2011.

HOLANDA, Sérgio Buarque de. Raízes do Brasil. São Paulo: Cia das Letras, 1996.

JANOTTI, Maria de Lourdes. O coronelismo, uma política de compromissos. São Paulo: Brasiliense, 1992.

LEPENIES, Wolf. As três culturas. São Paulo: EDUSP, 1996.

LEONIDIO, Adalmir. O sertão e outros lugares: a ideia de nação em Paulo Prado e Manoel Bomfim. In: ZILLY, Berthold (org.). De sertões, desertos e espaços incivilizados. Rio de Janeiro: MAUAD, 2001.

MARINHO, Maria de Fátima. A figura do bandido no romantismo. Disponível em: http://ler.letras.up.pt/uploads/ficheiros/5686.pdf

PINHO, Wanderley. Salões e damas do Segundo Reinado. São Paulo: Livraria Martins Editora, 1942.

PYLE, Howrd. As aventuras de Robin Hood. São Paulo: Martins Claret, 2009.

QUEIRÓS, Maria Isaura Pereira de. Os cangaceiros. São Paulo: Duas Cidades, 1997.

SARAIVA, José Hermano. História concisa de Portugal. Lisboa: Europa-América, 1999.

SARAIVA, Antonio José. História da literature portuguesa. Porto: Porto Editora, 2000.

SERRÃO, Joel. Temas de cultura portuguesa. Lisboa: Livros Horizonte, 1983.

SERRÃO, Joel. Temas oitocentistas I. Lisboa: Livros Horizontes, 1980.

SCHILLER, F. Os bandoleiros. Porto Alegre: L&PM, 2011.

SOUSA, Maria Leonor Machado de. “Introdução”. In: GAMA, Arnaldo. Paulo, o montanhês. Lisboa, Imprensa Nacional: 1981.

TÁVORA, Franklin. O Cabeleira. São Paulo: Martin Claret, 2003.

Publicado
2014-12-15
Como Citar
Leonidio, A. . (2014). JUSTICEIROS E VINGADORES EM OBRAS LITERÁRIAS DE CAMILO CASTELO BRANCO E FRANKLIN TÁVORA. Fênix - Revista De História E Estudos Culturais, 11(2), 1-22. Recuperado de https://www.revistafenix.pro.br/revistafenix/article/view/591