LINGUAGEM E JORNALISMO EXPERIMENTAL JUVENIL EM TERESINA NOS ANOS 1970

  • Frederico Osanan Amorim Lima Universidade Federal do Piauí
  • Francisco José Leandro Araújo de Castro Universidade Estadual do Piauí
Palavras-chave: Linguagem, Jornalismo experimental, Juventude, Cultura

Resumo

O artigo a seguir aborda a linguagem artística no jornalismo experimental praticado por uma parcela da juventude em Teresina-PI, nos anos iniciais da década de 1970, no sentido de instaurar novos signos de comunicação e abrir canais de comunicação em meio a um clima de censura. Durvalino Couto Filho, Torquato Neto, Carlos Galvão, Edmar Oliveira, Paulo José Cunha, entre outros, por meio de uma atividade de produção artístico-jornalística, como os suplementos culturais Hora Fatal, O Estado Interessante, bem como o mimeografado Gramma, na esteira da literatura/arte marginal, buscavam, gradativamente, quebrar com uma cultura dita do “verbo engravatado”, uma cultura “oficial” na cidade, bem como prospectar novos sentidos com a linguagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Frederico Osanan Amorim Lima, Universidade Federal do Piauí

Doutor em História Social pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Professor Adjunto I da Universidade Federal do Piauí (UFPI).

Francisco José Leandro Araújo de Castro, Universidade Estadual do Piauí

Discente do Programa de Pós-Graduação Mestrado em História do Brasil PPGHB, na UFPI. Professor auxiliar da Universidade Estadual do Piauí UESPI. Bolsista do Programa Capes/DS. Membro do Grupo de Pesquisa: História, Teatro, Música e Estética, vinculado ao CNPq. E do Grupo História Cultura e Identidade. Linha II: História e Movimentos juvenis.

Referências

FOUCAULT, Michel. A ordem do discurso: aula inaugural no Collège de France pronunciada em 2 de dezembro de 1970. São Paulo: Loyola, 1996

CASTELO BRANCO, Edwar de Alencar. Todos os dias de Paupéria: Torquato neto e a invenção da Tropicália. São Paulo: Annablume, 2005.

COELHO, Frederico. Eu, brasileiro, confesso minha culpa e meu pecado: cultura marginal no Brasil das décadas de 1960 e 1970. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2010.

COUTO FILHO, Durvalino. Imprensa sem papel, O Estado Interessante. In: O Estado, Teresina 26 Março de 1972.

EDMAR, Verbo engravatado. Em: O Estado Interessante, O Estado. Teresina, 16 de Abril de 1972.

FOUCAULT, Michel. Em Defesa da Sociedade. Trad. de Maria E. Galvão. SP: Martins Fontes, 2000.

Hora Fatal, nº1. Em Jornal A Hora, Teresina, junho, 1972.

FOUCAULT, Michel. Est-il donc important de penser? Entrevista com Didier Eribon. Libération, n. 15, 30-31 maio de 1981. Traduzido a partir de FOUCAULT, Michel. Dits et Écrits. Paris: Gallimard, v. IV, p. 178-182, 1994.

GALVÂO, Carlos. Hora Fatal nº 1, In. Jornal A Hora, Junho de 1972.

GALVÂO, Carlos, cada macaco no seu galho, Hora Fatal, Nº1, Teresina, Julho 1972.

LAROSSA, Jorge. Pedagogia Profana: danças, piruetas e mascaradas. 4ª ed. Belo Horizonte; Autêntica, 2001.

LIMA, Frederico Osanan Amorim Lima. Curtos-circuitos na sociedade disciplinar: Super-8 e contestação juvenil em Teresina (1972-1985). 2007. 120f. Dissertação (Mestrado em História do Brasil) – Universidade Federal do Piauí, Teresina, 2007.

LIMA, Marisa Alves. Marginália – arte e cultura na idade da pedrada. Rio de Janeiro: Salamandra, 1997.

NETO, Torquato. Manifestação: pezinho pra dentro, pezinho pra fora. In: Jornal A Hora Fatal. A Hora. Teresina, julho de 1972.

O Estado Interessante, em Jornal O Estado. Teresina 25, março de 1972.

PÊJOSÉ, Prata lindástica facada!, Jornal GRAMMA, ed. Nº 1, 1972.

ROLNIK, Suely. Políticas da hibridação: Evitando falsos problemas. In.: Cadernos de subjetividade. Núcleo de Estudos e Pesquisas da Subjetividade Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Clínica Pontifícia Universidade Católica de São Paulo 2010 Endereço eletrônico: http://revistas.pucsp.br/index.php/cadernossubjetividade

VENTURA, Zuenir. Vazio Cultural. Visão, Rio de Janeiro, junho de 1971.

Publicado
2014-12-15
Como Citar
Osanan Amorim Lima, F. ., & Araújo de Castro, F. J. L. . (2014). LINGUAGEM E JORNALISMO EXPERIMENTAL JUVENIL EM TERESINA NOS ANOS 1970 . Fênix - Revista De História E Estudos Culturais, 11(2), 1-15. Recuperado de https://www.revistafenix.pro.br/revistafenix/article/view/596