ESCRITOS SAÍDOS DO ARMÁRIO

CORRESPONDÊNCIA ÍNTIMA, ESCRITA DE SI E IDENTIDADE DE GÊNERO

  • Durval Muniz de Albuquerque Júnior Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN
Palavras-chave: Cartas, Homoerotismo, Teoria e metodologia da história, Ética

Resumo

Neste texto abordo os cuidados teóricos e metodológicos que o historiador deve ter ao utilizar cartas pessoais como documentos históricos, ao mesmo tempo em que ressalto a importância de fontes como essa para a escrita da história, notadamente, quando se trata de temas e personagens comumente negligenciados ou silenciados pelos documentos e arquivos públicos e oficiais, como é o caso dos amores e amizades homoeróticos e de personagens homossexuais. Chamo atenção ainda para os limites e os cuidados éticos que o uso desse tipo de fonte requer da parte do historiador. Abordo, ainda, como o gênero epistolar permite tratar de temas como a escrita de si e a identidade de gênero.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARIÉS, Philippe. História social da criança e da família. Rio de Janeiro: Zahar, 1978.

BUFFAULT, Anne Vicent. Da Amizade: uma história do exercício da amizade nos século XVIII e XIX. Rio de Janeiro, J. Zahar, 1996.

CASTILHO, Guilherme de (Org.). António Nobre: correspondência. Lisboa: INCM, 1982.

D’OLIVEIRA, Alberto. Palavras Loucas. Coimbra: França Amaro, 1894.

DEL PRIORI, Mary. História do Amor no Brasil. São Paulo: Contexto, 2005.

FREITAS, Marcos César de. História social da infância no Brasil. 7 ed. São Paulo: Cortez, 2009

MACFARLANE, Alan. História do casamento e do amor. São Paulo: Cia das Letras, 1990.

MARQUES, Fernando Carmino. António Nobre, em Paris, só: correspondência. Porto: Edições Caixotim, 2005.

LUCA, Tânia Regina de (editora). Infância e Adolescência. Revista Brasileira de História, n. 37. São Paulo: Anpuh, 1999.

MARQUES, Fernando Carmino. António Nobre, em Paris, só: correspondência. Porto: Edições Caixotim, 2005.

MOTT, Luiz. Escravidão, Homossexualidade e Demonologia. São Paulo: Ícone, 1988.

NAPHY, William. História da Homossexualidade. Lisboa: Edições 70, 2006.

NOBRE, António. Só. Paris: León Vanier Editor, 1892.

Publicado
2015-12-21
Como Citar
Albuquerque Júnior, . D. M. de . (2015). ESCRITOS SAÍDOS DO ARMÁRIO: CORRESPONDÊNCIA ÍNTIMA, ESCRITA DE SI E IDENTIDADE DE GÊNERO. Fênix - Revista De História E Estudos Culturais, 12(2). Recuperado de https://www.revistafenix.pro.br/revistafenix/article/view/750
Seção
Dossiê