ENTRE A LOUCURA E A RAZÃO

HISTÓRIAS AUSENTES RESGATADAS POR NÁDIA WEBER

  • Talitta Tatiane Martins Freitas Universidade Federal de Uberlândia – UFU
Palavras-chave: História de Vidas Ausentes: a tênue fronteira entre a saúde e a doença mental, Nádia Maria Weber

Resumo

Nádia Maria Weber, com a intenção de demonstrar o quanto este limite é tênue, recordou algumas situações. Uma delas remonta a reminiscências familiares e a seu avô materno, adepto de idéias não convencionais como, por exemplo, o “naturalismo”. Apesar de ter sido uma pessoa produtiva e constituído família, pela
defesa intransigente de seus princípios, que motivaram, inclusive, algumas atitudes violentas, foi considerado “louco”, mesmo sem sofrer algum tipo de internação. Por outro lado, meninas no despertar da sexualidade foram afastadas do convívio social e internadas em hospitais psiquiátricos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Talitta Tatiane Martins Freitas, Universidade Federal de Uberlândia – UFU

Graduanda do curso de História pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Bolsista de Iniciação Cientifica – FAPEMIG –, sob orientação da Prof.ª Dr.ª Rosangela Patriota Ramos. Integrante do Núcleo de Estudos da História Social da Arte e da Cultura (NEHAC).

 

Referências

JUNG, C. G. Presente e futuro. Petrópolis: Vozes, 1988.

SANTOS, Nádia Maria Weber. História de Vidas Ausentes: a tênue fronteira entre a saúde e a doença mental. Passo Fundo: UPF, 2005.

WEBER, Beatriz. As artes de curar: medicina, religião, magia e positivismo na República Rio- grandense – 1889/1928. Tese (Doutorado em História) – Unicamp, Campinas, 1997.

Publicado
2006-09-14
Como Citar
Martins Freitas, T. T. . (2006). ENTRE A LOUCURA E A RAZÃO: HISTÓRIAS AUSENTES RESGATADAS POR NÁDIA WEBER. Fênix - Revista De História E Estudos Culturais, 3(3), 1-7. Recuperado de https://www.revistafenix.pro.br/revistafenix/article/view/821