EM BUSCA DE UM PASSADO

A COLONIZAÇÃO E O MITO DE ORIGEM DE PETROLÂNDIA (SC)

  • Vivian Staroski Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC
  • Paulo Rogério Melo de Oliveira Universidade do Vale do Itajaí – UNIVALI
Palavras-chave: Petrolândia, Mito de Origem, Alto Vale do Itajaí, Memória

Resumo

O artigo discute a construção do passado e a busca pelas origens no município de Petrolândia, no Alto Vale do Itajaí, em Santa Catarina. No final do século XX e início do século XXI, identificamos o despertar de um interesse, manifestado pela administração pública, pelo passado histórico do município, num contexto regional marcado pela busca e afirmação de identidades locais como fator de promoção cultural e desenvolvimento econômico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ASSOCIAÇÃO DOS MUNICÍPIOS DO ALTO VALE DO ITAJAÍ – AMAVI. Projeto de Resgate do Patrimônio Histórico.
Disponível em: http://www.amavi.org.br/patrimoniohistorico

CAMARGO, Célia Reis. A construção da memória na sociedade global. Identidades sociais: local X global. Patrimônio e memória, UNESP, v. 2, n. 2, 2006.

CHAUÍ, Marilena. Brasil: mito fundador e sociedade autoritária. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2000.

FARIAS, Wilson Francisco. São José: 250 anos. Natureza, história, cultura. São José: Editora Do autor, 2001.

FOUCAULT, Michel. Nietzsche, a genealogia e a história. In: Microfísica do poder. Rio de Janeiro: Graal, 1979

GIRARDET, Raoul. Mitos e mitologia políticas. São Paulo: Cia das Letras, 1987.

GOVERNO DO ESTADO DE SANTA CATARINA. Municipio de Ibirama.
Disponível em http://www.sc.gov.br/index.php/municipios-i/ibirama

HEINST, Andréia de Cássia. Memória e pioneirismo: batalha de narrativas em uma área de ocupação recente em Mato Grosso. História, Imagem e Narrativas, ano. 3, n. 5, set. 2007.
Disponível em http://www.historiaimagem.com.br/edicao5setembro2007/23-mem.pioneirismo-heinst.pdf

JENKINS, Keith. A história repensada. São Paulo: Contexto, 2001.

JÚNIOR, Durval Muniz de Albuquerque. História: a arte de inventar o passado. Ensaios de teoria da história. Baurú: Edusc, 2007.

LE GOFF, Jacques. História e Memória. Campinas: Editora da UNICAMP, 1990.

MUNICÍPIO DE PRESIDENTE GETÚLIO.
Disponível em http://www.presidentegetulio.sc.gov.br/

NARRADORES DE JAVÉ. Direção: Eliana Caffé. Brasil: Riofilme, 2003. (110 min.) son. color.

NIETZSCHE, Friedrich. Segunda Consideração Intempestiva. Rio de Janeiro: Relume-Dumara, 2003.

NORA, Pierre. Entre memória e história: o problema dos lugares. Tradução de Yara Aun Khoury. Projeto História: Revista do Programa de estudos de Pós-Graduação em História da PUC. São Paulo, v. 10, p. 12-13. jul. – dez. de 1993.

POLLAK, Michel. Memória, esquecimento e silêncio. In: GOMES, Ângela de Castro; MOURA, Gerson & OLIVEIRA, Lúcia Lippi. Estudos históricos, São Paulo, v. 2 n 3, 1989.

PREFEITURA MUNICIPAL DE PETROLÂNDIA – SC. Sistema desenvolvido em parceria com a Federação Catarinense de Municípios – FECAM e integrado à RedeCIM – Rede Catarinense de Informações Municipais, com o apoio da AMAVI.
Disponível em www.petrolandia.sc.gov.br.

ROHR, João Alfredo. Os sítios arqueológicos do Planalto Catarinense. Pesquisas, Instituto Anchietano de Pesquisas, n. 24,1971.

SÁ, Antônio Fernando de Araujo. Combates entre a história e a memória. São Cristóvão: Editora UFS; Aracaju: Fundação Oviêdo Teixeira, 2005.

STAROSKI, Vivian. A colonização e a construção do espaço petrolandense na primeira metade do século XX. 2011. 143 f. Dissertação (Mestrado em História) – Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2011.
Publicado
2015-06-15
Como Citar
Staroski, V. ., & Oliveira, P. R. M. de . (2015). EM BUSCA DE UM PASSADO: A COLONIZAÇÃO E O MITO DE ORIGEM DE PETROLÂNDIA (SC). Fênix - Revista De História E Estudos Culturais, 12(1). Recuperado de https://www.revistafenix.pro.br/revistafenix/article/view/828