TELENOVELA COMO FORMA CULTURAL

GÊNEROS E ESTILOS LITERÁRIOS NA TELEFICIONALIDADE

Palavras-chave: Telenovela, Gêneros Literários, Ficção, Verossimilhança

Resumo

A teledramaturgia ocupa um espaço importante na história da televisão brasileira. A produção de teleficção seja da telenovela, de seriados e de minisséries é resultado de transposições de linguagens como o teatro, o cinema e a literatura. A teledramaturgia e seu mais importante produto, a telenovela é construída, a partir de composição de alguns gêneros literários e suas formas, como o melodrama e também recebe influências de estilos como o realismo. O artigo procura compreender como a telenovela, como produto televisivo e também uma forma cultural possui diversas matrizes narrativas e uma possível estética baseada na verossimilhança. Para essa compreensão destacaremos e analisaremos algumas dessas matrizes e seus desdobramentos na construção da novela como teleficção.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARISTÓTELES, A poética. São Paulo: Nova Cultural, 1999.

CANCLINI, Nestor Garcia. Culturas híbridas: estratégias para entrar e sair da modernidade. 2 ed. São Paulo: EDUSP, 1998.

CANDIDO, Antônio. Presença da literatura brasileira: história e antologia. 13 ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2008.

COMPAGNON, Antonie. O demônio da teoria: literatura e senso comum. Belo Horizonte: UFMG, 2005.

HUPPES, Ivete. O melodrama: o gênero e sua permanência. São Paulo: Ateliê Editorial, 2000.

LEAL, Ondina Fache. A leitura social da novela das oito. 3ed. Petrópolis: Vozes, 1990.

MEYER, Marlyse. Folhetim: uma história. São Paulo: Cia das Letras, 1996.

MOTTER, Maria Lourdes. Ficção e realidade: a construção do cotidiano na telenovela. São Paulo: Alexa Cultural, 2003.

ORTIZ, Renato; BORELLI, Silva Helena Simões; RAMOS, José Maria Ortiz. Telenovela: história e produção. 2ª ed. São Paulo: Brasiliense, 1991.

PALLOTTINI, Renata. Dramaturgia de Televisão. São Paulo: Moderna, 1998.

SILVA, Lourdes Ana Pereira. Estudos de recepção de telenovela: um olhar sobre a produção acadêmica brasileira na primeira década do século XXI. In: X Congresso Alaic – Comunicación en tiempos de crisis. 2010, Bogotá: Congresso Alaic, v. 1. p. 1-15, 2010.

THOMESSEAU, Jean Marie. O melodrama. Lisboa: Perspectiva, 2005.

WATT, Ian. A ascensão do romance: estudos sobre Defoe, Richardson e Fiedding. São Paulo: Cia das Letras, 2007.

WILLIAMS, Raymond. Television: tecnology and cultural form. Nova York: ShockenBooks, 1975.

Publicado
2015-06-15
Como Citar
Desidério, P. M. M. . (2015). TELENOVELA COMO FORMA CULTURAL : GÊNEROS E ESTILOS LITERÁRIOS NA TELEFICIONALIDADE. Fênix - Revista De História E Estudos Culturais, 12(1). Recuperado de https://www.revistafenix.pro.br/revistafenix/article/view/834