DALCROZE, A MÚSICA E O TEATRO

FUNDAMENTOS E PRÁTICAS PARA O ATOR COMPOSITOR

  • Adriana Fernandes Universidade Federal da Paraíba
Palavras-chave: Dalcroze, Parâmetros Musicais, Voz, Julia Varley, Eurítmica

Resumo

O presente trabalho expõe uma tentativa experimental de trabalho para a voz do ator baseada na metodologia de Emile-Jaques Dalcroze denominada de rítmica ou eurítmica. É uma tentativa de relacionar a música e o teatro e por consequência também a dança, pois Dalcroze entendia o fazer musical de forma corporal. O objetivo é encontrar ferramentas úteis para o treinamento do ator, principalmente para o desenvolvimento vocal. São expostos os princípios norteadores da metodologia Dalcroziana que são relacionados na prática em sala de aula em duas universidades brasileiras envolvendo os parâmetros musicais: altura, duração, intensidade e timbre. Finalmente, o trabalho apresenta uma etnografia de uma performance de Julia Varley do Odin Teatret, especialmente dedicada ao trabalho de voz do ator.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adriana Fernandes, Universidade Federal da Paraíba

Doutora em Etnomusicologia pela University of Illinois at Urbana-Champaign. Atualmente professora das disciplinas de técnica vocal do curso de bacharelado e licenciatura em teatro da Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa. Professora da pós-graduação em Música da UFPB.

Referências

CARNICKE, Sharon M. Stanislavski Collected Works. Russian Edition, 1960.

CROALL, Jonathan. Neill of Summerhill: the permanent rebel. New York: Routledge, 1983.

DALCROZE, E. J. Rhythm, Music and Education. Salem: Ayer Company Publishers, Inc., 1988.

FERNANDES, A. O Paradoxo de Ana: Música e Dança – Uma Proposta de Compreensão desta Relação. Fênix Revista de História e Estudos Culturais, v. 3, n.4, p. 1-17, 2006. Disponível em: http://www.revistafenix.pro.br

FORTUNA, M. A Performance da Oralidade Teatral. São Paulo: AnnaBlume, 2000.

GROTOWSKI, J. Em Busca de um Teatro Pobre. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1976.

LABAN, R. Domínio do Movimento. São Paulo: Summus, 1978.

LEE, James. Dalcroze by any other name. Eurhythmics in Modern Theatre and Dance. Ph.D. dissertation, Texas Tech, 2003.

STANISLAVSKI, K. An Actor’s Work. Tradução de Jean Benedetti.New York: Routledge, 2006.

STANISLAVSKI, C. El Trabajo del Actor Sobre Sí Mismo En el Processo Criador da Encarnação. Buenos Aires: Quetzal, 1997.

THOMAS, Nathan. Dalcroze Eurhythmics and the Theatre. Scene 4 – International Magazine of Performing Arts and Media, may 2005. Disponível em: http://www.scene4.com/archivesqv6/may-2005/html/thomasmay05.html

Publicado
2010-12-10
Como Citar
Fernandes, A. . (2010). DALCROZE, A MÚSICA E O TEATRO : FUNDAMENTOS E PRÁTICAS PARA O ATOR COMPOSITOR. Fênix - Revista De História E Estudos Culturais, 7(3), 1-23. Recuperado de https://www.revistafenix.pro.br/revistafenix/article/view/274